Mais e mais curiosidades!

Degustar um bom vinho é um prazer! Conversar sobre esse tema, também! Que tal, então, um pouco mais de curiosidades, do mundo do vinho, para ter ainda mais assunto?

 Enquanto um barril de carvalho americano custa, em média, 500 dólares, o preço médio de um barril de carvalho francês é aproximadamente 900 dólares. Para entender a diferença entre esses barris, clique aqui.

 A densidade de um vinhedo varia muito. Para se ter uma ideia, em Penedès, uma das regiões vinícolas mais antigas da Europa, plantam-se de 800 a 2 mil vinhas por hectare, enquanto na região de Côte d’Or, na Borgonha, normalmente plantam-se 10 mil vinhas por hectare. Já na Roma Antiga, um vinhedo costumava ter aproximadamente 50 mil videiras por hectare.

 O polêmico Donald Trump possui, entre seus muitos negócios, uma vinícola nos Estados Unidos, localizada no estado da Virginia. Se quiser ler sobre outras pessoas famosas que também atuam nesse mercado, clique aqui.

 Com as mudanças climáticas geradas pelo aquecimento global, as uvas tendem a apresentar uma acidez mais baixa. Isso vai exigir novos métodos de produção, a fim de ajustar a acidez durante o processo de vinificação, o que pode ser mal visto pelos mais puristas, que valorizam a interferência mínima do homem no vinho. Ao que parece, ou o mercado aceita novos métodos, ou terá que aceitar novos estilos de vinho. Para ler mais sobre o impacto do aquecimento global no vinho, clique aqui.

 O espaço vazio dentro da garrafa de vinho, que fica entre a rolha e o líquido quando a garrafa está de pé, é chamado de ullage, que pronuncia-se como se fosse “ãladge”. Esse espaço aumenta com o tempo, mas um vinho com menos de 20 anos de idade não deve ter qualquer ullage além do tamanho do pescoço da garrafa, a não ser que haja algum problema de vedação.

 A latitude do vinhedo tem um enorme efeito sobre o sabor do vinho. Latitudes mais baixas, ou seja, quanto mais perto da linha do Equador está o vinhedo, maior a temporada de amadurecimento das uvas, o que favorece o desenvolvimento de sabores e aromas, bem como o alcance de excelentes índices de açúcar, o que por outro lado, compromete a acidez da fruta. Se quiser ler sobre a latitude considerada a ideal para o cultivo das vinhas, clique aqui.

Se você gostou dessas curiosidades, e quiser ler mais algumas, clique aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.