ABC, ou "Anything But Chardonnay"

Se você não conhece essa expressão, precisa ler. Mas, mesmo se já conhece, também vai apreciar...

As últimas décadas do século 20 viram as uvas ganharem espaço nos rótulos dos vinhos e na cabeça das pessoas, em um movimento que começou nos Estados Unidos e na Austrália, mas que se espalhou, principalmente, pelo Novo Mundo. De certa forma, esse foi o caminho que a indústria encontrou para crescer e se desenvolver nesses mercados.

De maneira semelhante ao que aconteceu em outras categorias de produto, de repente o nome da cepa passou, até, a substituir o nome da bebida. Em alguns meios, Cabernet virou sinônimo de vinho tinto, e Chardonnay, de vinho branco.

 E, de repente, Chardonnay virou uma febre entre os americanos. Sua produção e seu consumo cresceram estratosfericamente no final dos anos 80, e chegaram a volumes surpreendentes.

Em contrapartida com esse crescimento da Chardonnay, surgiram (e cresceram), também, seus críticos.

Um movimento que ficou conhecido, na época, como ABC, sigla para Anything But Chardonnay, pedia, e até mesmo implorava, algo como “Qualquer coisa, exceto Chardonnay”.

Isso porque consideravam que havia, além do excesso, também uma padronização na produção de Chardonnay, e estava tudo ficando parecido e enfadonho. Vamos lembrar que um dos grandes prazeres para os apreciadores de vinho é a diversidade de sabores e experiências...

Os adeptos desse movimento argumentavam que todos os Chardonnay tinham o mesmo sabor de manteiga, torradas e baunilha, e que tinham perdido completamente qualquer caráter frutado e personalidade.

Mas, felizmente, se isso realmente aconteceu da maneira como acreditavam essas pessoas, os produtores acordaram a tempo de reverter esse quadro.

As opções pelo uso parcial ou total de fermentação malolática e passagem por tanques de aço inox ou barris de carvalho faz com que inúmeros sejam os resultados ao alcance dos enólogos (se quiser saber como as uvas viram vinho branco, clique aqui).

É possível encontrar Chardonnays extremamente diferentes entre si, cada qual com sua personalidade. Por exemplo, abra 6 garrafas diferentes de Chardonnay, e terá, sim, 6 vinhos diferentes!

Ainda bem!




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.