Armagnac, primo por parte dos destilados

Estamos tão habituados a falar de uvas produzindo vinhos, que muitas vezes nos esquecemos que essas frutas também são responsáveis pela produção de outras bebidas, tão maravilhosas quanto.

É o caso do Armagnac. Pense em Cognac, mas diga Armagnac. Sim, são parecidos, mas não são a mesma coisa...

O Armagnac é produzido por meio de uma única destilação de vinho branco em alambique, seguida por anos de envelhecimento em barris de carvalho. É considerado o destilado de uva mais antigo da França, com uma história de mais de 700 anos.

É produzido no sudoeste do país, em uma área demarcada segundo as leis da AOC (Appellation d'Origine Contrôlée).

Proveniente da região francesa da Gasconha (Gascogne em francês, a terra dos 3 mosqueteiros), o Armagnac é um produto artesanal. A produção dos últimos 5 anos soma cerca de 5 milhões de garrafas, metade delas vendidas no mercado francês, e metade delas exportadas, para mais de 100 diferentes países.

Os vinhedos, herança do período Romano, dividem-se em 3 terroirs muito distintos:

 Baixo-Armagnac, a oeste, de clima oceânico e onde são produzidos destilados de boa qualidade e aveludados.

 Armagnac-Ténarèze, no centro, com solos arenosos, onde são produzidos os destilados mais fortes e mais perfumados.

 Alto-Armagnac, a leste, a sub-região de menor prestígio, entre as três.

Existem 10 variedades de uva permitidas na produção de Armagnac. As mais utilizadas são Ugni Blanc e Baco, perfazendo 90% da produção. Depois vem Folle Blanche e Colombard, e em quantidades ínfimas, Plant de Graisse, Meslier St François, Clairette de Gascogne, Jurançon Blanc, Mauzac Blanc e Mauzac Rosé.

Os rótulos de Armagnac não são dos mais fáceis de entender, mas aqui vai um resumo de como eles são classificados:

 VS, ou 3 estrelas: corte com eau-de-vie (termo que significa “água da vida”) mais jovem envelhecido ao menos 1 ano em barril de carvalho.

 VSOP: corte com eau-du-vie mais jovem com envelhecimento mínimo de 4 anos em barril de carvalho.

 Napoléon, ou XO: corte com eau-du-vie mais jovem com passagem mínima de 6 anos em barris de carvalho.

 Hors d’Âge: corte com eau-du-vie mais jovem envelhecido em barril de carvalho por pelo menos 10 anos.

 Vintages: provenientes de uma única safra, marcada no rótulo, e envelhecidos por um período mínimo de 10 anos em barril de carvalho.

 15 anos, 20 anos, 30 anos...: corte com eau-du-vie mais jovem envelhecido em barril de carvalho de acordo com a menção de idade do rótulo.

Em 2005, a legislação francesa reconheceu uma denominação específica para Blanche Armagnac, uma parte tradicionalmente separada, pelos produtores, para suas reservas de família e para datas festivas, que não passa por carvalho, e, sim, por tanques inertes. Um sinal de que tradição não exclui inovação e renovação...

Gostou de saber mais sobre destilados de uva? Se quiser ler sobre Cognac, clique aqui. Ou então, se quiser ler sobre Grappa, clique aqui.






Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.