Um rosé que se chama branco...

Conhece um vinho rosé chamado White Zinfandel? Já parou para se perguntar se não tem algo errado com essa nomenclatura?

A história começa, efetivamente, lá na década de 1970, nos Estados Unidos, quando os vinhedos da Califórnia estavam, literalmente, abarrotados com a uva Zinfandel.

A oferta de uvas desta variedade ultrapassava as quantidades demandadas para a produção de vinho tinto. Alguns produtores começaram, inclusive, a arrancar as vinhas de Zinfandel, para que fossem substituídas por outras variedades.

Em 1975, um produtor teve a fermentação do seu vinho interrompida, sem motivo aparente. O nível de açúcar residual era relativamente alto, e apenas uma pequena quantidade de pigmento vermelho tinha sido extraída, a partir da pele da uva. O resultado era um vinho rosa e doce, com sabor de fruta fresca. Ou seja, sem nenhuma relação com os tradicionais tintos Zinfandel.

Mesmo diante desse “problema”, resolveu-se, por bem, retomar o processo de fermentação do vinho e seguir os passos de produção de um vinho branco, já que não era mais possível resgatar a cor planejada.

Para surpresa de muitos, esse vinho cor de rosa tornou-se, rapidamente, uma novidade que caiu nas graças do mercado, sedento por algo diferente.

Outros produtores embarcaram nessa onda, e a Califórnia viu esse estilo de vinho se tornar o 3º colocado de vendas nacionais, atrás apenas do Chardonnay e do Cabernet Sauvignon.

Foram feitas, inclusive, tentativas de reproduzir o processo e o sucesso com outras uvas, como Merlot. Nenhuma superou a experiência da Zinfandel, ou melhor, do White Zinfandel.

A produção do White Zinfandel, inclusive, passou a ser cinco vezes maior, na Califórnia, do que a produção do Zinfandel, tinto tradicional.

Assim, os viticultores esqueceram, felizmente, a ideia de arrancar as vinhas de Zinfandel, tão abundantes e consideradas excessivas, alguns anos antes.

Apesar disso tudo, o White Zinfandel é extremamente criticado por alguns amantes do vinho. Não é, por assim dizer, um vinho levado à sério. Sinceramente, o que vale é o paladar pessoal. Se você experimentar um White Zinfandel, e considerá-lo interessante, e se ele fizer do seu momento um momento mais feliz, é isso que importa.

Se quiser ler mais sobre a uva Zinfandel, clique aqui. Ou então, se quiser ler sobre a produção de vinhos rosés, clique aqui. Ou ainda, para ler sobre a harmonização de vinhos rosés, clique aqui.

Para encerrar, não interessa se o vinho é branco, rosé, tinto, ou mesmo rosé com nome de branco. Isso é, realmente, o de menos. Viva!




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.