O aquecimento global e as vinhas

Esse é um dos assuntos mais atuais, e mais polêmicos, de todos. Aquecimento global. E qual será o seu impacto, no mundo do vinho?

 Mudança do mapa produtor

Para começo de convesa, mudanças no clima do planeta tendem a mudar o mapa do mundo do vinho, como atualmente a gente o conhece.

É bem possível que, no futuro, possamos cultivar uvas tintas em locais que atualmente são tão frios, que por enquanto estão aptos somente à produção de vinhos brancos e espumantes.

Em contrapartida, o aumento de temperatura em regiões já quentes pode inviabilizar o cultivo de uvas mais delicadas.

Se quiser ler sobre quem são os maiores produtores de vinho, atualmente, clique aqui.

 Mudança das práticas e regras

Essa mudança, na realidade, até já começou a acontecer.

Depois do pico de calor que a Europa viu acontecer, em 2003, a França já reviu uma de suas principais restrições no que diz respeito à viticultura: a irrigação.

Tradicionalmente, o produtor francês não dispunha desse recurso para o cultivo das vinhas, dependendo única e exclusivamente da chuva natural. Porém, a partir de um decreto de dezembro de 2006, a irrigação passou a ser parcialmente permitida por lei, na França, de maneira a garantir boas condições para as vinhas e, consequentemente, para a produção de vinho.

 Mudança do estilo dos vinhos

Períodos de calor cada vez mais longos tendem, a grosso modo, a impactar nas características do vinho, diminuindo a acidez das uvas, aumentando seus teores de açúcar e, consequentemente, de álcool. Aí, depende de cada enólogo manejar essas características de maneira a atingir o ideal desejado para cada vinho.

O fato é que estamos assistindo alterações climáticas no planeta. E precisamos estar prontos para elas. De preferência, com uma taça de vinho na mão.

Saúde!




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.