Aroma versus buquê

Aroma e buquê (ou bouquet, se preferir) são termos que expressam o cheiro agradável liberado pelo vinho. Mas, tecnicamente, são diferentes um do outro.

Na realidade, não é uma diferença que justifique repreensões a quem usa os termos como sinônimos, mas degustadores profissionais, em geral não o fazem.

Afinal, o que é aroma, e o que é buquê?

Aroma é o conjunto de odorantes dos vinhos jovens, enquanto buquê é o cheiro adquirido pelo envelhecimento.

 O aroma primário (ou varietal) é o original de cada cepa. Por exemplo, enquanto a Moscatel tem realmente aroma de uva, a Sauvignon Blanc tem um aroma frutado característico, cítrico, que remete a limão, e a Carmenère lembra frutas vermelhas e ameixas.

 O aroma secundário (ou fermentativo, ou vínico) é o que se desenvolve durante as fermentações. Alguns exemplos são os aromas de manteiga, nozes e caramelo, consequência de processos de fermentação malolática. Para ler mais sobre isso, clique aqui.

O cheiro do vinho jovem é, portanto, uma mistura dos aromas das cepas e dos aromas dos fermentos. Mas o caráter aromático do vinho vai, aos poucos, se atenuando, dando lugar ao buquê.

 O buquê (ou aroma terciário) é o perfume que desenvolve-se pós-fermentação, tanto em períodos de amadurecimento em madeira, quanto durante o envelhecimento em garrafa. A busca pelo caráter amadeirado é uma resposta à crescente demanda por vinhos com esse buquê. E é na garrafa que o cheiro realmente se intensifica e diversifica, adquirindo compostos novos e transformando-se. Um vinho envelhecido pode trazer, por exemplo, notas de cogumelo em seu buquê.

Vivendo e aprendendo. Ou melhor: vivendo, degustando, e aprendendo...

 




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.