Degustação nua e crua

O mundo dos vinhos às vezes tenta nos assustar, mostrando-se mais complicado do que realmente é. Um exemplo é o ritual da degustação. Mas veja como ele pode ser, e é, de fato, simples.

Enquanto degusta seu vinho, vá respondendo a cada uma dessas perguntas:

  Você percebeu uma certa refrescância?

Se sim, provavelmente foi efeito da acidez elevada, característica de vinhos frescos e vívidos. Quer um exemplo? Experimente um Sauvignon Blanc. E, para ler mais sobre acidez, clique aqui.

  Você sentiu sua boca ficar mais quente?

Se sim, esse foi um efeito da graduação alcoólica, que provavelmente é alta. Para perceber isso de maneira mais evidente, compare, por exemplo, as diferentes sensações causadas entre um branco leve como Moscato d’Asti e entre um fortificado vinho do Porto.

  O gosto do vinho ainda está na sua língua?

Se sim, esse é um vinho encorpado, ou seja, potente, com maior concentração de compostos. A persistência, ou seja, um final longo, é uma característica associada ao corpo do vinho. Para ser considerado persistente, o sabor de um vinho deve durar por cerca de 10 a 15 segundos, após ser ingerido.

  O vinho “amarrou” a sua boca?

Se a sua resposta foi sim, esse é um vinho rico em taninos. Essa sensação de boca seca, de adstringência, de “banana verde”, é causada pela reação das proteínas da saliva aos taninos do vinho. Se quiser ler mais sobre o que, afinal, são taninos, clique aqui.

  E o que esse vinho te lembra?

Preste atenção aos aromas e aos sabores do vinho, sem pressa. Veja se não te lembram de outras coisas, como outras frutas, ou flores, ou baunilha, ou chocolate, ou grama... Não, você não enlouqueceu. Curiosamente, o único aroma de fruta que raramente se encontra em um vinho é o aroma de uva.

Responder a questões como essas faz com que prestemos atenção ao vinho. E essa é a única diferença, real, entre beber e degustar. Degustar é prestar atenção ao que se bebe. É ou não é simples?




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.