Qual o seu vinhotipo?

Para entender essa ideia, primeiro vamos voltar aos tempos de escola, para lembrar o que são características genotípicas, e fenotípicas...

O termo genótipo refere-se a nossas características de origem, ou seja, à constituição genética do indivíduo, imutável.

O termo fenótipo, por sua vez, refere-se a nossas características de evidência, ou seja, à manifestação da interação da genética com o ambiente, que pode ser observada e, também, alterada.

Um dos exemplos mais usados para explicar esses conceitos é a cor da pele. Um indivíduo pode ter características genéticas que definam sua cor de pele como clara, e que são comprováveis por testes de laboratório. Se ele nasceu com essa genética, morrerá com ela. Mas a cor da pele, em si, é o seu fenótipo, que é visível e pode ser alterado, por exemplo, através da exposição ao Sol.

E o que toda essa teoria tem a ver com o vinho?

Um importante profissional, e um dos primeiros americanos a ganhar o título de Master of Wine, chamado Tim Hanni, adaptou esse conceito científico, para criar uma teoria sobre os diferentes paladares para o vinho. Vamos conhecer...

Segundo ele, nós também temos características vinhotípicas, que são observáveis e alteráveis, e que resultam da interação das nossas sensibilidades sensoriais genotípicas com um ambiente relacionado ao vinho.

O que isso quer dizer? Que cada apreciador de vinho tem, fisiologicamente falando, maior ou menor sensibilidade e percepção sensorial. E cada apreciador de vinho também sofre influência do seu grupo de convivência, e do seu gosto pessoal.

Partindo desse princípio, Tim Hanni criou 4 vinhotipos, para enquadrar todos os enófilos:

 Meigo. É o mais sensível de todos, fisiologicamente falando. O tipo de pessoa que sente muito frio, não tolera música muito alta, nem cheiros muito fortes. Prefere vinhos suaves, cuja doçura mascara o amargor e o álcool.

 Hiper sensível. Grupo que compreende o maior número de pessoas. Esse indivíduo normalmente adora fragrâncias, e se deleita com suas memórias olfativas. Prefere vinhos secos e com baixo teor alcoólico. 

 Sensível. Essa pessoa dança conforme a música, e adora novas experiências, que dão tempero à vida. Os sensíveis são os enófilos mais aventureiros de todos, e, com o tempo e com a experiência, acabam buscando os vinhos mais equilibrados.

 Tolerante. O tolerante é o sujeito do branco no preto. Do tudo ou nada. O tolerante tem uma clara preferência por grandes e intensos vinhos tintos, por altos teores alcoólicos, e altos níveis de taninos.

Você concorda com essa classificação? Acha que você se enquadra em algum vinhotipo?

E enquanto pensa sobre o assunto, se quiser ler mais sobre o título de Master of Wine, que foi citado nesse artigo, clique aqui.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.