Mais vinho, menos álcool...

O século 20 viu acontecerem grandes mudanças na produção de vinhos. Uma delas foi o aumento do seu teor alcoólico.

Para se ter uma ideia, um Médoc tinha apenas algo entre 8 e 9° de teor de álcool antes do século 20. A graduação alcoólica média dos vinhos viu um aumento de 20 a 30% nesse período, de cerca de 100 anos.

Mas o século 20 já ficou para trás, há mais de uma década. O tempo voa, os costumes mudam, e surgem novas tendências. 

Atualmente, vemos um movimento de redução do teor alcoólico dos vinhos, por parte de enólogos de várias partes do mundo. Da França, considerada o berço do vinho, à China.

Mesmo na ensolarada Califórnia, que tradicionalmente oferece tintos à base de Cabernet Sauvignon com elevados teores alcoólicos, o desafio de produzir vinhos com menos álcool, e ainda assim muito impactantes, tem feito brilhar os olhos de muitos profissionais da área.

Obviamente essa não é uma mudança que acontece do dia para a noite, nem na indústria, nem no desejo dos consumidores. Essa é uma tendência, que quem estuda a área tem observado acontecer, ano após ano.

E a redução de álcool no vinho não acontece por acaso, nem sem planejamento. Ela começa na vinha, com videiras sendo cultivadas de maneira a amadurecer com menor concentração de açúcares. E acaba na vinícola, com tecnologias que permitem a vinificação com redução de níveis de álcool, confome permite a legislação de cada país.

E esse não é um desafio simples, para o enólogo, como pode a princípio parecer. Isso porque o álcool desempenha um papel importante na composição do vinho, contrabalanceando a acidez, com a doçura dos açúcares residuais, ou com o amargor dos taninos.

O fato é que a demanda por vinhos com menos álcool existe. O fato é que a indústria está trabalhando para atendê-la.

Se esse é um caminho sem volta, ou uma moda passageira, só o tempo dirá.

Enquanto isso, um brinde! Saúde!

Se quiser ler mais sobre a importância do álcool na estrutura dos vinhos, clique aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.