Afinal, o que é açúcar residual?

Muitas vezes, aqui, nós nos referimos ao açúcar residual de um vinho. Será que todo mundo sabe, bem, do que isso se trata?

Para entender esse termo, precisamos voltar, e relembrar o processo de vinificação.

Resumidamente falando, o vinho é o resultado de um processo de fermentação, que transforma o açúcar da uva em álcool, a chamada fermentação alcoólica.

O agente capaz de provocar a fermentação é chamado de fermento, ou de levedura. Uma levedura nada mais é do que um fungo.

Pois bem. Em contato com a levedura, o açúcar da uva vai se transformando em álcool. Por isso que, em teoria, quanto mais açúcar houver na uva, mais álcool haverá no vinho.

Continuando. O açúcar vai se transformando em álcool, ou seja, a fermentação vai ocorrendo, até determinado ponto em que o teor de álcool é mais alto do que as leveduras conseguem suportar, para viver. E aí elas morrem.

Só que o açúcar pode não ter sido totalmente convertido, ainda. E, esse açúcar que resta, depois que o processo de fermentação já foi interrompido, e que vai permanecer no vinho, é chamado de açúcar residual.

Segundo a legislação brasileira em vigor desde 2014, por exemplo, um vinho nacional fino e tranquilo (ou seja, nem licoroso nem espumante) é considerado seco quando houver menos de 4 gramas de açúcar residual por litro. Deve ser considerado semisseco, ou demi-sec, quando contiver entre 4 e 25 gramas de açúcar residual a cada litro. E é chamado de suave, ou de doce, se apresentar entre 25 e 80 gramas de açúcar por litro. Se quiser ler mais sobre isso, clique aqui.

Ah, se você achou que 80 gramas de açúcar residual por litro é o limite máximo que um vinho pode alcançar, espante-se: um húngaro Tokaji Eszencia pode chegar até os 850 gramas de açúcar residual por litro de vinho! Aliás, vale comentar que esse estilo de Tokaji é um dos vinhos mais raros e mais caros, de todo o mundo! Se quiser saber mais sobre os Tokaji, e conhecer outros estilos desse vinho húngaro tão famoso, clique aqui.

E, para encerrar, se quiser ler mais sobre leveduras, clique aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.