Banyuls

O nome Banyuls significa banho, já que a cidade que leva esse nome foi construída perto da costa, à beira do Mediterrâneo. E é dessa pequena cidade, de 5.000 habitantes, que o vinho Banyuls empresta o seu nome.

Na fronteira com a região espanhola da Catalunha, Banyuls só foi anexada à França em 1659, com o Tratado dos Pirineus, quando a Catalunha foi dividida entre a Espanha e a França.

A área de produção dos vinhos denominados Banyuls está limitada a quatro municípios vizinhos: Banyuls, Cerbère, Collioure e Port-Vendres.

 E como são esses vinhos?

Os vinhos denominados Banyuls são considerados “vins doux naturels”, ou vinhos doces naturais. Na realidade, são fortificados com aguardente de vinho. O processo de produção, conhecido na França como mutage, é semelhante ao usado para preparar o vinho do Porto. O álcool é adicionado ao mosto para deter a fermentação, enquanto os níveis de açúcar ainda são altos, preservando o açúcar natural da uva.

Banyuls são produzidos a partir das uvas Grenache Noir, Grenache escura e branca, e Macabeu. Um Banyuls Grand Cru, considerado superior dentro da denominação, deve ter ao menos 75% de Grenache Noir.

Amadurecidos em barricas de carvalho, por no mínimo 30 meses no caso dos Grand Cru, Banyuls é um vinho de guarda muito longa, podendo ser preservado por mais de 30 anos.

Banyuls é um vinho com aromas sutis de frutas cristalizadas, tabaco, baunilha, notas de torrefação e as melhores especiarias. E para que esses aromas apareçam e não se percam, deve ser servido entre 12 e 14°C com aperitivos e sobremesas, ou entre 14 e 16°C com pratos e queijos.

Esse é um vinho que acompanha muito bem carnes e frutas caramelizadas, queijos secos e queijos azuis, mas, acima de tudo, é um vinho muito recomendado para a harmonização com chocolate, considerada entre as mais difíceis.

 Por fim, uma curiosidade:

A cidade de Banyuls fica no condado francês de Roussillon. Durante a Idade Média, a região de Roussillon desfrutou um período de prosperidade durante o qual a Ordem dos Templários revolucionou a vitivinicultura, criando um sistema de drenagem que está em uso até hoje, baseado em mais de 6.000 km de muros de pedras.

A rede formada por esses muros impede processos automatizados, garantindo colheita 100% manual nos vinhedos de Banyuls, o que confere ao vinho ainda mais caráter, força e personalidade. Mais um detalhe charmoso de Banyuls...

E, se quiser ler sobre outras denominações de origem, clique aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.