O certo e o errado

Existe uma ciência por trás da harmonização. Mas ninguém precisa ficar refém dela!

 Que tal um exemplo clássico?

Queijos azuis, como gorgonzola e roquefort, cobrem as papilas gustativas profundamente, formando uma capa pastosa sobre a língua, capaz de ocultar o caráter sensorial da maioria dos vinhos.

Por isso, as dicas de harmonização para esses queijos costumam incluir vinhos fortificados e de sobremesa, que têm mais álcool, potencializando a limpeza dessa camada pastosa no palato.

Mas nem todo mundo aprecia, ou até mesmo tolera, vinhos de teor alcoólico mais elevado. E, nem por isso, vai deixar de comer esses queijos, e de beber vinho!

Da mesma maneira, nem todos gostam de vinho seco, ou de vinho espumante... Talvez Nelson Rodrigues tivesse razão: toda unanimidade é burra.

Então, diante dos princípios de harmonização entre comidas e vinhos, não se deixe levar por nenhuma verdade absoluta, que seja superior, ou mais importante, que a sua satisfação à mesa.

O mundo dos vinhos não precisa ser intimidador, ele deve é ser prazeroso. Cabe a cada um de nós fazer nossas melhores escolhas, mesmo quando elas não estão de acordo com os manuais e com os experts de plantão.

As dicas de um atencioso sommelier, a respeito das combinações que vão favorecer ou não a refeição, podem nos ajudar, e muito, mas não devem nos aprisionar.

No mundo dos vinhos, é como se ninguém fosse o único certo. E como se ninguém estivesse totalmente errado... Aliás, isso não se limita somente ao mundo dos vinhos, não é mesmo?




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.