Campo de Borja

Primeiro, a pronúncia, depois a região e o vinho... Diga Campo de Bor-rra, e estará pronunciando como o fazem os espanhois.

Essa é uma denominação de vinhos para quem aprecia tradição. Os primeiros vinhedos de Campo de Borja datam de 1145 d.C., século 12. Atualmente, cerca de 2.000 dos 5.000 hectares de Granacha, na região, são de vinhas velhas, com 30 ou até 50 anos de idade.

E onde fica Campo de Borja? Na Espanha, na comunidade autônoma de Aragão, na província de Zaragoza.

A denominação compreende um total de 16 municípios, em volta da comarca de Borja. E está espalhada por uma série de diferentes microclimas, o que enriquece as possibilidades à disposição dos produtores locais.

O relevo da região corresponde a uma sucessão de planaltos, que vão de 350 a 700 metros de altitude, no sopé do Monte Moncayo. Além disso essa é uma região de contrastes térmicos, tanto ao longo de um mesmo dia, como através das estações do ano, com temperaturas extremas.

As castas autorizadas pelo órgão regulador da denominação são as tintas Garnacha, Tempranillo, Mazuela, Garnacha Tintoréra, Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah. Entre as brancas, estão autorizadas Macabeo, Garnacha Blanca, Moscatel de Alexandria, Moscatel de Grano Menudo, Chardonnay, Sauvignon Blanc, e Verdejo.

A produção de vinho branco não é muito significativa, representando cerca de 8% do total de vinhos da denominação. A denominação produz, na realidade, brancos, rosés, tintos e vinhos licorosos de sobremesa, mas a estrela de Campo de Borja são os vinhos tintos à base de Garnacha. Se quiser ler mais sobre essa uva, clique aqui.

Encontramos, em Campo de Borja, vinhos tintos jovens, excepcionalmente frutados. Mas as versões rotuladas como Crianza, Reserva e Grand Reserva, após passarem pelo processo de envelhecimento em carvalho e na garrafa, tornam-se ainda mais equilibradas, redondas e aveludadas.

Em Campo de Borja, o nível de produtividade das videiras é baixo, o que é altamente apreciado do ponto de vista enológico, visto a consequente complexidade de estrutura e de aromas. Por ano, são produzidas cerca de apenas 20 milhões de garrafas, em toda a denominação. E a maioria da produção é exportada para os mercados do Reino Unido, Estados Unidos, Holanda e Canadá. Sorte deles...




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.