Borgonha

Uma localização geográfica excepcional. O clima ideal para o cultivo das uvas. Solos perfeitos. Uvas renomadas. Vinhedos notáveis. Uma grande expertise, adquirida ao longo de muitas gerações. Bem-vindo à Borgonha!

A região vinícola de Borgonha fica a aproximadamente uma hora da cidade de Lyon, e a duas horas, de Paris. No coração da França.

E, conforme atestam evidências arqueológicas, a história da tradição do cultivo da vinha e da produção do vinho, na Borgonha, tem pelo menos 2.000 anos.

A Borgonha está dividida em diferentes regiões vitivinícolas, de norte a sul:

 Chablis e Grand Auxerrois, onde a Chardonnay reina, suprema.

 Châtillonnais, quase exclusivamente dedicada aos espumantes Crémant de Bourgogne.

 Côte de Nuits, o paraíso dos tintos à base de Pinot Noir.

 Côte de Beaune, onde estão alguns dos mais famosos Grand Crus do mundo.

 Côte Chalonnaise, uma extensão natural de Côte de Beaune.

 Mâconnais, no sul da Borgonha, onde os monges tiveram um papel fundamental, cultivando suas vinhas durante a Idade Média.

A Borgonha não é um nome que acaba, em si. Os vinhos da Borgonha são classificados em exatamente 100 denominações diferentes, chamadas na França de Appellations d’Origine Contrôlée, em função da imensa diversidade de condições naturais da região:

 23 appellations Régionales, a forma ideal de começar a conhecer os vinhos borgonheses. Alguns exemplos notáveis: Bourgogne Aligoté, Mâcon Villages, Coteaux Bourguignons, Crémant de Bourgogne.

 44 appellations Village, que levam o nome do vilarejo ou da aldeia onde as uvas são cultivadas, e são um ótimo exemplo da diversidade dos vinhos borgonheses. Exemplos: Mercurey, Pommard e Nuits-Saint-Georges.

 Premier Cru, uma seleção de vinhedos específicos, dentro de cada vilarejo, também conhecidos como Climats. Pela legislação, eles têm o direito de apresentar no rótulo, além do nome da aldeia, o nome do vinhedo em si. Um exemplo: Mercurey Premier Cru Clos L´Eveque.

 33 appellations Grand Cru, reconhecidos como a expressão de características únicas de alguns vinhedos excepcionais, como Chablis Grand Cru, Chambertin, Montrachet e Romanée-Conti.

As variedades mais cultivadas na Borgonha são Chardonnay e Pinot Noir, de maneira esmagadora. Chardonnay com 48% da área cultivada, e Pinot Noir, com 34%. Depois delas, vêm Gamay com 10% e Aligoté com 6%.

São, ao todo, mais de 28 mil hectares de vinhas. Isso significa 3% do total de vinhedos da França. E a produção total, anual, alcança aproximadamente 200 milhões de garrafas!

A maior parte dos vinhos produzidos na Borgonha, 62%, são brancos. 30% são tintos ou rosés, e 8% são espumantes. 

Há Borgonha para todos os gostos. E, inclusive, para todos os bolsos. Basta escolher, e degustar.

Se quiser ler mais sobre Chablis, o cremoso Chardonnay da Borgonha, clique aqui. Ou então, para ler sobre os caros e raros Montrachet, clique aqui.

E, para encerrar, se quiser ler um artigo que compara Borgonha a Bordeaux, clique aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.