Valdeorras

Noroeste da Espanha. Comunidade autônoma da Galícia. Província de Ourense. Seja bem-vindo à Comarca de Valdeorras! Aceita um vinho?

O mais antigo documento conhecido, que refere-se à existência de vinhas em Valdeorras, é do ano de 940, mas acredita-se que as uvas viníferas tenham chegado à Galícia muito antes, tendo sido plantadas pela primeira vez por Lucio Pompeyo Reburro, oficial do exército romano.

O clima, em Valdeorras, é mediterrânico continental, com influência atlântica. A temperatura média é de 11°C, com mais de 2.000 horas de Sol entre os meses de março e setembro. As altitudes dos vinhedos variam de 300 a 700 m acima do nível do mar. Trata-se de um clima ideal para vinhos secos de alta qualidade, principalmente brancos.

Ao todo, Valdeorras conta com 1.300 hectares de vinhas, que dividem-se em uma grande diversidade de solos.

As uvas brancas cultivadas em Valdeorras são preferencialmente a Godello, Loureira, Treixadura, Dona Branca, Albariño, Torrontes e Lado, sendo que a Palomino Branca também está autorizada pela legislação local. As tintas preferencialmente registradas são Mencía, Tempranillo, Brancellao, Merenzao, Sousón, Caíño Tinto, Espadeiro e Ferrón, estando também autorizadas Gran Negro, Garnacha Tintureira e Mouratón.

Para entender os vinhos de Valdeorras, basta ficar atento aos seus rótulos:

 Vinhos Brancos

 Valdeorras Godello: varietal 100% da uva Godello.

 Valdeorras Castes Nobres: pelo menos 85% composto pelas uvas brancas de preferência.

 Valdeorras Branco: produzido a partir das uvas brancas preferenciais e autorizadas.

 Vinhos Tintos

 Valdeorras Mencía: varietal com pelo menos 85% de Mencía.

 Valdeorras Castes Nobres: pelo menos 85% composto pelas uvas tintas de preferência.

 Valdeorras Tinto: produzido a partir das uvas tintas preferenciais e autorizadas.

O espumante de Valdeorras, rotulado como Escumoso, é produzido com pelo menos 85% da uva branca Godello, a partir do método tradicional, no qual a segunda fermentação acontece depois do engarrafamento.

Os vinhos de sobremesa de Valdeorras, chamados de Tostados, podem ser elaborados tanto a partir da branca Godello, como com as tintas da região.

A estrela da denominação de origem Valdeorras é, sem dúvida, o vinho branco produzido com Godello. Os aromas mais associados a esse vinho são os cítricos, herbais e minerais, apresentando, também, algumas notas terrosas. A fermentação desse vinho em tanques de aço lhe confere bastante frescor, acidez e mineralidade. Alguns produtores, entretanto, apresentam versões desse vinho fermentadas em barril, processo que dá mais cremosidade ao resultado final.

Para concluir, duas curiosidades:

 a localização continental de Valdeorras lhe deu o apelido de “porta para a Galícia”. Sem dúvida, trata-se de uma bela porta de entrada!

 Godello é muitas vezes confundida com a uva Verdelho, mas tratam-se de cepas diferentes. Então, se quiser ler sobre a Verdelho, clique aqui. Ou se quiser ler sobre a Verdejo, uma outra variedade, também, clique aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.