Pinto Bandeira

Pinto Bandeira é uma das Indicações de Procedência ligadas a vinhos finos, reconhecidas no Brasil.

Vamos nos localizar. Pinto Bandeira fica no Rio Grande do Sul, mais precisamente na Serra Gaúcha. Até 2012, depois de muitas idas e vindas, ainda era um distrito do município de Bento Gonçalves, e somente a partir de 2013 passou a ser considerado um município. A cidade tem, segundo o IBGE, cerca de 3.400 habitantes.

A viticultura tem longa tradição local. Imigrantes italianos, que chegaram a Pinto Bandeira em 1876 logo iniciaram o cultivo da vinha e a elaboração artesanal de vinho, para consumo das famílias estrangeiras.

Pinto Bandeira passou a ser uma Indicação de Procedência, oficializada conforme os termos legais do Brasil, a partir de 13 de julho de 2010, e seu conselho regulador faz parte da ASPROVINHO (Associação dos Produtores de Vinho de Pinto Bandeira).

A área geográfica delimitada para a produção desses vinhos compreende 81 km2, que se localizam no município de Pinto Bandeira, e uma pequena parte na cidade vizinha de Farroupilha. A altitude mínima dos vinhedos é de 500 metros acima do nível do mar, sendo que a altitude média é de 612 metros.

As cepas autorizadas na produção de vinhos da Indicação de Procedência Pinto Bandeira, são:

 para vinho tinto: Ancellotta, Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinotage, Sangiovese, Tannat e Pinot Noir. Esses vinhos costumam apresentar cor rubi brilhante com tons de violeta. Os aromas mais comuns são os de frutas vermelhas, com notas vegetais. Quando em contato com carvalho, ganham também notas de coco, baunilha e cravo. Em geral apresentam taninos leves, acidez equilibrada e teor alcoólico moderado.

 para vinho branco: Chardonnay, Gewurztraminer, Malvasia Bianca, Malvasia de Candia, Moscato Branco, Sauvignon Blanc, Moscato Giallo, Viognier, Peverella, Riesling Itálico, Sémillon e Trebbiano. Esses vinhos normalmente apresentam aromas finos e nítidos, predominantemente cítricos, e costumam ser refrescantes e delicados. Enquanto o Chardonnay tem caráter nitidamente frutado, com notas de manteiga e de pão tostado, o Riesling Itálico se destaca pelas notas de flores brancas.

 para espumante: Chardonnay, Riesling Itálico, Viognier e Pinot Noir. São espumantes de cor palha, com elegante aroma de frutas cítricas e notas de pão tostado. A acidez refrescante e o equilíbrio são notórios.

 para Moscatel espumante: Moscato Branco, Moscato Giallo, Moscatel Nazareno, Moscato de Alexandria, Malvasia de Candia e Malvasia Bianca. A cor do espumante Moscatel é palha esverdeada, e sua espuma é esbranquiçada. Seus aromas remetem a mamão, pêssego, mel, flores brancas, abacaxi e a frutas cítricas. Adocicado e com acidez refrescante, é um espumante delicado, cremoso e persistente no paladar.

Além de obedecer a todas as normas estabelecidas, os vinhos só podem ser rotulados com a Indicação de Procedência Pinto Bandeira após uma avaliação sensorial realizada pela Comissão de Degustação do conselho regulador. Degustar esses vinhos não deve ser uma tarefa nada difícil...

Se você quiser ler mais sobre a produção de vinhos no Brasil, clique aqui. Ou então, para ler sobre o Vale dos Vinhedos, clique aqui e para ler sobre a Campanha Gaúcha, clique aqui.

É muito bom viajar e conhecer vinhedos distantes. Mais é muito bom, também, poder apreciar e valorizar o trabalho da nossa gente, não é?




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.