Parece, mas não é. Ou é?

Pense num vinho temperado com especiarias, casca de laranja, servido quase fervendo. Não, não pense em festa junina. Não estamos falando do nosso delicioso vinho quente servido em volta da quadrilha; estamos falando de Glühwein, o vinho quente europeu.

Assim como o nosso vinho quente, Glühwein é uma bebida muito apreciada para reuniões ao ar livre em baixas temperaturas.

Consumido em diferentes países da Europa, como a Alemanha, Suíça, Suécia, Áustria, Dinamarca e no norte da Itália, entre outros, é típico do inverno europeu, que, no hemisfério norte coincide com a época do Natal.

O Glühwein é, basicamente, a mistura de vinho tinto (ou de branco, em função do país) com diferentes especiarias e açúcar, tudo misturado e aquecido até quase o ponto de ebulição.

Amigos da vizinhança se encontram no jardim de uma das casas, à noite, e cada um leva um prato para a festa. O Glühwein é preparado em uma fogueira, e servido em canecas com uma concha. Como você pode ver, algo muito, muito familiar.

Mas parece que o vinho quente, ou o Glühwein, não foi descoberto nem por nós, nem por eles... Esta tradição remonta há muitos anos, quando adicionavam-se especiarias ao vinho na Grégia e na Roma Antigas, servindo-o em diferentes temperaturas. O Glühwein começou a se tornar popular na Idade Média, e sua maneira de preparo foi evoluindo com o passar do tempo.

A receita do Glühwein sofre algumas variações, de acordo com o local onde se prepara, mas, em geral, é a seguinte:

 1 garrafa de vinho tinto

 4 cravos da Índia

 80 gramas de açúcar mascavo

 2 folhas de louro

 2 canelas em pau

 1 pitada de gengibre

 casca de 1 laranja ralada

 2 estrelas-de-anis (ou anis-estrelado)

Em uma panela, coloque uma pequena quantidade de vinho, apenas para cobrir o fundo. Uma vez ligado o fogo, acrescente o cravo, o louro, a canela, o gengibre e o anis-estrelado. Incorpore a metade do açúcar, misturando durante cerca de cinco minutos.

Coloque as raspas de laranja, o açúcar restante e a totalidade do vinho. Continue mexendo em fogo médio durante cerca de 30 minutos, sem permitir que a bebida ferva (não deixar ferver é um ponto comum entre todas as receitas que analisamos).

Se preferir, coe para remover os sólidos, e, finalmente, sirva quente.

 Pois é, e a gente aqui pensando que vinho quente fosse exclusividade da nossa festa junina...

 

 




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.