Já ouviu falar em Master of Wine?

Em 1953, em Londres, a Companhia dos Negociantes de Vinho definiu um exame para medir a qualidade profissional no ramo. Somente 6 pessoas passaram no exame, e passaram a ser reconhecidas como Masters of Wine.

Em 1955, esse grupo se reuniu e fundou o Instituto Masters of Wine, com o intuito de promover, em todos os setores da comunidade do vinho, excelência, interação e aprendizagem.

O Instituto recomenda que os candidatos ao título de Master of Wine sejam diplomados pelo Wine and Spirit Education Trust, ou que tenham formação equivalente, como bacharelado ou mestrado em enologia. Além disso, são necessários pelo menos 5 anos de experiência profissional na indústria do vinho.

Para que alguém seja efetivamente reconhecido como Master of Wine, ele precisa passar por 3 etapas de exame: a prática, com teste cego de 36 vinhos, a teórica, que engloba produção e manipulação de vinho, conhecimento do mercado do vinho e questões contemporâneas, e a dissertação, de no mínimo 10.000 palavras, baseada em uma pesquisa inédita.

O programa de estudos para tornar-se um Master of Wine prevê um período mínimo de 3 anos de curso, divididos em períodos presenciais, e à distância. Hoje em dia, existem 280 pessoas cursando o programa do Instituto Masters of Wine, de 36 países diferentes.

Atualmente, existem somente 312 Masters of Wine, no mundo inteiro, que moram em 24 diferentes países.

A primeira mulher a se tornar uma Master of Wine foi Sarah Morphew Stephen, em 1970.

E, o único Master of Wine brasileiro, até o momento, é o paranaense Dirceu Vianna Júnior, que mora e trabalha no Reino Unido desde 1989.

É, ser um Master of Wine não é para qualquer um... Mas, felizmente, apreciar os prazeres do vinho está ao alcance de todos! E, se você quiser tornar-se um expert sobre vinhos, clique aqui.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.