Entendendo o Estate!

Em inglês, “estate” quer dizer “propriedade”. Mas, por que esse termo aparece nos rótulos de alguns vinhos? E qual a regra para isso?

De maneira geral, quase tudo o que o produtor escreve no rótulo nos dá alguma informação sobre o vinho que está por detrás dele. “Estate bottled”, também.

“Estate bottled” indica que o vinho foi produzido a partir de uvas cultivadas pela própria vinícola. E, se essa pareceu uma condição lógica, e óbvia, saiba que não é, não.

A tendência é sempre imaginarmos alguém plantando uvas, colhendo, produzindo vinhos, e engarrafando. Mas isso não é necessariamente verdade.

Muitos produtores agrícolas cultivam uvas viníferas mas não produzem vinho; comercializam suas uvas para determinada vinícola, que vai utilizá-las na produção de vinhos. Da mesma maneira, existem vinícolas ao redor do mundo que não tem um vinhedo sequer, dependendo exclusivamente do cultivo alheio de uvas. Ou, ainda, quem cultive somente determinada cepa, e compre outra variedade, quando vai realizar um vinho de corte.

Voltando, então. “Estate bottled” indica, a princípio, que o vinho foi produzido a partir de uvas exclusivamente cultivadas pela própria vinícola.

Nos Estados Unidos, as regras para utilização dessa expressão são bastante claras:

 Vinhedo e vinícola devem estar localizados na mesma área viticultora, segundo os critérios da legislação local. Um exemplo? Um produtor do Napa Valley só pode utilizar esse termo se os vinhedos utilizados também estiverem no Napa Valley. Ou seja, não basta que vinhedos e vinícola sejam do mesmo proprietário, se não estiverem na mesma AVA (American Viticulture Area).

 Mas a vinícola não precisa, necessariamente, ser a proprietária do vinhedo, contanto que seja a controladora. Caso a vinícola compre as uvas, ela deve ter o controle sobre o vinhedo. E o que isso significa? Controlar um vinhedo significa tomar as decisões sobre o cultivo, poda, drenagem, ou seja, tudo aquilo que influencia o resultado final da uva e, consequentemente, do vinho.

 Por fim, o vinho deve ser inteiramente produzido dentro das instalações da vinícola, do esmagamento ao engarrafamento. Nenhuma parte do processo pode acontecer em outro local.

E por que tudo isso? Porque, teoricamente, essas medidas garantem mais condições para a produção de vinhos de alta qualidade!

E onde mais esse termo aparece? Em vinhos do Novo Mundo, como por exemplo, no Chile ou na África do Sul. Já na França, a expressão “mis en bouteille au château” é usada em Bordeaux, e “mis en bouteille au domaine”, na Borgonha. Em Champagne, essa informação aparece quando o código “RN” é impresso no rótulo. Para entender essa codificação de Champagne, clique aqui.

É isso. Mais uma informação. Mais um detalhe. Mais um conhecimento. Que tal combinar tudo isso, com mais um vinho?

Saúde!




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.