Comprando antes da hora...

Você compraria um vinho hoje, para recebê-lo somente daqui a alguns anos? Um vinho que ainda nem foi engarrafado? Pode parecer estranho, mas esse é um expediente bastante comum, no mundo do vinho.

São as vendas “en primeur”. Esse é um termo francês do mercado de vinho, que define um vinho vendido antes de ser engarrafado.

Vamos lá. As uvas são colhidas no outono, certo? Certo. Meses depois, quando os vinhos já estão em barris, aguardando pelo amadurecimento, alguns produtores de Bordeaux, por exemplo, produzem amostras para serem provadas e avaliadas por profissionais do comércio internacional de vinhos.

Esses negociantes “reservam” determinada quantidade do vinho selecionado, e encarregam-se de realizar essas vendas antecipadas, ou pré-vendas, ao mercado.

Mas quem compra esses vinhos vai recebê-los, provavelmente, somente dois anos após a aquisição, quando eles já estiverem “no ponto” para serem engarrafados, segundo os critérios estabelecidos pelo enólogo.

 Quais as vantagens para quem compra?

Em primeiro lugar, ter acesso garantido a alguns vinhos que podem ser muito disputados no mercado, ou por terem uma produção bastante limitada, ou por serem de uma safra excepcional, ou por qualquer outro motivo. Além disso, ainda há a questão financeira, de comprá-los a um preço mais atrativo, um preço de pré-lançamento. 

 Quais as vantagens para quem vende?

O produtor capitaliza-se mais cedo, mantendo a venda garantida. Além disso, é também beneficiado pelo “glamour” que ronda os vinhos comercializados dessa maneira.

Claro que esse é um mercado restrito apenas a vinhos cuja qualidade ou cujo preço justifiquem essa prática. Mas é realmente uma prática comum em Bordeaux, na Borgonha, no Vale do Rhône, na Itália, na Califórnia, na Austrália...

Grandes adegas, formadas com grandes vinhos, muitas vezes têm vários vinhos que foram adquiridos “en primeur”.

Importante lembrar que o termo “primeur” não deve ser confundido com “nouveau”, pois eles são bem diferentes. Enquanto um primeur é comercializado precocemente, mas vai aguardar seu devido amadurecimento até ser entregue, um nouveau é comercializado e entregue jovem, porque jovem ele deve ser consumido. É o caso do Beaujolais Nouveau, sobre o qual você pode saber mais, clicando aqui.

Pois é... mais uma curiosidade do mundo do vinho!




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.