O que o rótulo nos conta

Na leitura correta do rótulo, e também do verso da garrafa, você descobre muito sobre o vinho antes de comprá-lo. São informações que estão lá para ajudar a nossa escolha. Fique atento:

 o ano da safra – trata-se sempre do ano da colheita das uvas, e não de lançamento do vinho no mercado. Determinados vinhos só são comercializados anos após a colheita, segundo regras da denominação de origem, ou objetivo específico do enólogo. Mas nem todo vinho é necessariamente safrado. Para ler mais sobre a importância da safra, clique aqui.

 a região de origem – vinhos produzidos de acordo com regras estabelecidas em regiões de denominação de origem controlada apresentam essa informação no rótulo, como por exemplo: Bordeaux, Rioja, Vale dos Vinhedos... Para ler mais sobre esse assunto, clique aqui.

 o nome da uva – nem todo rótulo informa qual a variedade utilizada para fazer o vinho. Em alguns casos, porque a denominação de origem define isso, como por exemplo, Barolo. Todo Barolo é produzido com a uva Nebbiolo. Mas no Velho Mundo, onde o terroir é considerado mais importante que a variedade, muitas vezes não encontraremos essa informação, salvo exceções como a Alemanha. Nos vinhos do Novo Mundo, em contrapartida, essa é uma prática mais comum.

 o teor alcoólico – todo vinho produzido no Brasil, ou importado para comercialização aqui, traz essa informação. Os vinhos que contém menos álcool geralmente são os brancos, nos quais o teor varia de 5 e 14°. Os menos alcoólicos costumam ser, por exemplo, os Moscato d’Asti ou os Rieslings alemães. Chardonnays, ao contrário, apresentam teor mais alto. Os tintos começam na faixa de 12°, com os frisantes Lambruscos e os leves Beaujolais, e entre 13 e 15° estão a maioria dos Cabernet Sauvignon. Os vinhos fortificados, como Porto e Madeira, são os mais alcoólicos, variando de 17 a 21°.

 o tipo do vinho – ainda segundo a legislação brasileira, um vinho de mesa e um vinho fino são bem diferentes entre si, pelo tipo de uva que levam, e devem estar devidamente identificados. Para ler sobre isso, clique aqui. Além disso, também existe uma classificação de acordo com a quantidade de açúcar residual do vinho, para diferenciar vinhos secos de suaves, por exemplo, que você pode entender melhor lendo aqui.

 a capacidade da garrafa – já reparou que as garrafas de vinho não têm 1 litro, certo? O mais comum é que elas tenham 750 ml de líquido, mas há também outros tamanhos. Para conhecê-los, clique aqui.

Para encerrar, uma curiosidade específica de rótulos de espumantes: a expressão Blanc de Blancs no rótulo identifica um espumante branco produzido somente a partir de uvas brancas, como a Chardonnay, enquanto um Blanc de Noirs é um espumante elaborado somente com uvas tintas, como Pinot Noir. Se quiser ler mais sobre isso, clique aqui.

Pode ser chato ler rótulo de alguns produtos. Talvez seja bem chato ler rótulo de sabão em pó... Mas de vinho? É bem legal, isso sim!




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.