Négrette

Essa uva é cultivada no noroeste da França, principalmente na comuna de Fronton, que fica na região metropolitana de Toulose.

Existem cerca de 1.500 hectares de vinhedos de Négrette, todos praticamente nessa região da França, à exceção de algumas vinhas cultivadas na Califórnia.

Diz a lenda que essa variedade chegou à França, vinda da Ilha de Chipre, levada pelos Cavaleiros Templários, organização militar cristã que existiu durante a Idade Média.

Essa é uma cepa que demora medianamente a brotar e a amadurecer, e é altamente suscetível a muitas das principais pragas e doenças típicas da vinha.

Os bagos da Négrette são bem escuos, azulados, redondos ou ligeiramente elípticos, e seus cachos são pequenos e compactos.

O clima ideal para o cultivo da Négrette é de verões quentes e relativamente secos. Essa é uma variedade que não apresenta boa resistência à extrema secura ou à excessiva umidade.

A Négrette costuma ser vinificada tanto para a produção de tintos, como para a produção de vinhos rosés.

Os aromas mais presentes nos vinhos produzidos a partir da Négrette são violeta, framboesa e alcaçuz. Também costumam aparecer notas de cacau e de borracha queimada.

Agradáveis e muito aromáticos, os vinhos tintos costumam ricos em antocianinas, mas apresentam um baixo nível de taninos e de acidez, o que reduz sua longevidade.

Os rosés elaborados com Négrette são de excelente qualidade e muito equilibrados, sendo mais encorpados do que os rosés produzidos no sudeste da França, como por exemplo, na região da Provence.

Devido à delicadeza da Négrette, ela muitas vezes é vinificada sozinha, pois a presença de outras uvas, se não for realizada em um corte bem equilibrado, pode acabar com as boas características dessa cepa.

Para conhecer um vinho elaborado com Négrette, procure por rótulos da denominação, ou apelação de origem Fronton.

E, para conhecer mais sobre a produção de vinhos na França, clique aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.