Carignan

É curioso que a maioria das pessoas nunca tenha ouvido falar nessa uva, porque, até algumas décadas atrás, essa era a variedade mais plantada na França, que é o mais importante país produtor de vinho do mundo! Irônico, não é?

Se você está entre os muitos que nunca ouviram falar de Carignan, é bem possível que não faça diferença mencionar alguns dos outros nomes pelos quais essa cepa é conhecida, como Carignano, Carignane, Cariñena, Mazuela... Mas o fato é que ela existe, e está muito presente, principalmente, no sul da França, mas também na Espanha, na Itália, em alguns pontos dos Estados Unidos, México, África do Sul, Argentina, Chile, Uruguai...

A origem mais provável desta cepa é a Espanha, e seu nome está ligado a Carae, aldeia pertencente a Carinius, e que pertencia ao Império Romano.

A Carignan é uma amante do Sol, que precisa de um clima relativamente quente, e, mesmo assim, ainda demora a amadurecer. É sensível a pragas. Apesar do alto rendimento de suas vinhas, não costuma aceitar colheita mecânica, pois tem talos com os quais é particularmente difícil de lidar.

Por essas e outras dificuldades, mesmo em Languedoc-Roussillon, o lar da uva Carignan, essa é uma casta que tem sistematicamente perdido espaço para outras. Produtores franceses foram, inclusive, incentivados a substitui-la por outras uvas.

Frequentemente presente em cortes com Grenache, Syrah, Cinsault e Mourvèdre, a Carignan confere aos vinhos mineralidade, aromas florais, acidez e cor. Quando produz varietais, o teor alcoólico mais elevado costuma equilibrar a acidez da uva, resultando em tintos elegantes e potentes. A uva é também facilmente encontrada no estilo seco de vinho rosé, o mais comum produzido no mundo, hoje.

Com notas de ervas, amoras, ameixas pretas, pimentas e especiarias, os vinhos à base de Carignan são geralmente robustos, encorpados, tânicos, ricos em acidez e com aspecto crocante.

Antes de se deixar levar por rigorosos críticos dos vinhos produzidos com Carignan, experimente e forme sua própria opinião. Sugerimos um espanhol da tradicional região de Priorato, harmonizado com uma carne mais corpulenta, que tal?

Se você está entre os enófilos que apreciam vinhos à base de Primitivo, também conhecida como Zinfandel, ou de Grenache, preste atenção: aumentam, e muito, as chances de você também se encantar com Carignan!




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.