Dolcetto

Essa é uma uva de pele escura, do noroeste da Itália.

Típica do Piemonte, ao lado da Barbera e da Nebbiolo, é a que amadurece mais depressa, entre as três. Por isso, seus vinhedos acabam sendo plantados nas regiões piemontesas mais frias, particularmente naquelas de altitudes mais elevadas, onde as outras variedades teriam dificuldade para amadurecer.

Mas essa é uma decisão que, felizmente, faz bem à Dolcetto. Ajuda a variedade a manter a acidez, e evita o amadurecimento prematuro.

Muitas versões modernas de Dolcetto, em todo Piemonte, estão se desenvolvendo em direção a um estilo de vinho mais próximo à produção do Novo Mundo: intensamente frutado, com alto teor alcoólico e, geralmente, avassalador.

Da década de 1990 para cá, muitos vinhos Dolcetto, do Piemonte, passaram a se caracterizar pela passagem em madeira e pelo elevado teor alcóolico, em resposta à crescente demanda dos consumidores por esses estilos de vinhos mais potentes.

O nome Dolcetto, que significa “um pouco doce”, não deve levar a apressadas conclusões.

É um engano deduzir que isso se reflita no estilo dos vinhos produzidos. Raramente vinhos à base de Dolcetto são doces. Trata-se, inclusive, de uma uva bastante tânica. Produtores muitas vezes costumam recorrer a suaves fermentações, quando trabalham com essa variedade, de maneira a não extrair taninos em excesso.

Os aromas e sabores mais frequentemente associados aos vinhos produzidos com Dolcetto são ameixa, frutas vermelhas, marmelo e amêndoas. E suas cores são vivas, variando do rubi profundo ao roxo.

A denominação de origem mais famosa que produz vinhos com essa uva é, sem dúvida, a Dolcetto d’Alba. Mas a comuna de Dogliani é considerada, por alguns especialistas, como o lar dos melhores vinhos Dolcetto, sendo, inclusive, reconhecida como uma DOCG (denominação de origem controlada e garantida).

E, um sinônimo para o nome Dolcetto é Ormeasco, utilizado principalmente dentro da própria Itália, na região da Liguria.

Para degustar um vinho produzido com a Dolcetto, experimente harmonizá-lo com carnes vermelhas, e até mesmo com linguiça.

E aprecie essa uva, uma das muitas que compõem o cenário mundial do vinho, principalmente o italiano!

Aliás, para conhecer mais sobre os vinhos da Itália, clique aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.