Baga

Baga é uma das muitas uvas nativas de Portugal, mas única no seu valor. Quem aprecia os vinhos portugueses, se não a conhece, precisa conhecer.

A região mais típica no cultivo da Baga é a Bairrada, onde a Baga reina, produzindo vinhos muito intensos. Mas também a encontramos com frequência, por exemplo, no Dão e no Tejo, onde apesar de ser bastante usada em cortes, é cada vez mais vista em vinhos varietais.

É uma casta tinta, com pequenos bagos de casca grossa, característica que contribui para os seus altos níveis de tanino. Amansar os taninos da Baga é um desafio para os enólogos.

Na realidade, a Baga está longe de ser uma variedade fácil de cultivar. Altamente suscetível à podridão, especialmente durante as esperadas chuvas de setembro, a Baga funciona melhor em solos argilosos, e requer boa exposição ao Sol. Ela demora a amadurecer, devendo ser colhida no final da temporada, o que a deixa ainda mais exposta.

Além disso, as videiras produzem folhagem exuberante, que se não for devidamente podada, prejudica a qualidade das uvas, e, consequentemente, dos vinhos.

Mas, com a devida dedicação do produtor, e quando as uvas amadurecem bem, em anos secos, os vinhos elaborados com a Baga são verdadeiras preciosidades, com cor profunda, taninos e acidez marcantes, sabores frutados e toques de café, palha, tabaco e fumaça.

Os melhores exemplares da Bairrada podem envelhecer muito bem, suavizando e ganhando elegância e complexidade. Mas a região luta bastante para mudar a imagem de vinhos difíceis e rústicos. Fazer vinhos distintos com estrutura e equilíbrio, a partir da Baga, requer muito cuidado e atenção na vinha.

E, apesar de nenhum deles ser oficialmente reconhecido pela OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho), é possível encontrarmos sinônimos para a Baga, como Tinta da Bairrada, Tinta Fina e Tinta Poeirinha, entre muitos outros.

Se quiser conhecer mais sobre os vinhos portugueses, clique aqui. Ou, se quiser ler sobre uma particularidade da viticultura em Portugal, clique aqui.

Saúde!




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.