Corvina

Se você acha que não conhece essa uva, é bem provável que esteja enganado. Ela faz parte, por exemplo, dos famosos Valpolicella e também dos Bardolino.

Aliás, mas do que fazer parte, ela é a principal uva destes vinhos. E sua origem certamente está relacionada à produção vinícola de Verona. Os primeiros registros do seu cultivo são de 1824.

Corvina é uma uva de casca grossa, muito cultivada no Vêneto, norte da Itália. Seus bagos são ovais, de tamanho médio, azulados e escuros, e formam cachos médios e compactos, de formato piramidal.

O nome Corvina, inclusive, remete à cor escura de seus cachos, “escuros como as penas de um corvo”. Corvo, em italiano, diz-se corvino.

Essa é uma cepa que demora a brotar, e que também demora a amadurecer, mas as vinhas têm boa resistência ao frio do inverno, são vigorosas e apresentam produtividade constante, o que é muito positivo para o viticultor.

Também conhecida como Corvina Veronese, essa uva responde muito bem a processos de secagem antes da fermentação, que conferem ao vinho mais estrutura e complexidade aromática e gustativa. O estresse causado pela desidratação desenvolve, na Corvina, sabores e aromas únicos. Para conhecer esse efeito, procure por vinhos rotulados como Amarone della Valpolicella.

As parceiras mais frequentes da Corvina, em cortes, são Rondinella e Molinara. Mas a uva também está presente em vinhos varietais muito interessantes, cada vez mais populares. Se quiser ler a diferença entre vinho de corte e vinho varietal, clique aqui.

O vinho produzido pela Corvina é tânico, de cor profunda, elegante e bem estruturado, apresentando também um frescor acentuado. E os aromas mais frequentemente associados à Corvina são couro, chocolate, noz moscada, ervas, cerejas e amêndoas.

Nossa sugestão, para harmonizar um varietal de Corvina? Spaghetti aos frutos do mar, bons amigos, boa conversa.

E, se quiser saber mais sobre Valpolicella, clique aqui. Ou então, sobre Bardolino, aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.