Mencía, ou Jaen

Mencía, na Espanha. Jaen, em Portugal. É a mesma uva. É o que dizem os testes de DNA. Afinal, que uva é essa? E como é o seu vinho?

Essa é uma uva tinta nativa da Península Ibérica, de pele grossa, azul violeta. É vigorosa, e exige cuidado do viticultor para conter sua extraordinária produtividade. Amadurece cedo, em meados de setembro. É bem adequada ao clima marítimo da região, onde chuvas de outono são bastante comuns.

Na Espanha, Mencía encontrou seu lar nas comunidades autônomas da Galiza e de Castela e Leão. É a principal uva de denominações como Bierzo e Ribeira Sacra (se quiser ler sobre Ribeira Sacra, clique aqui). Em Portugal, sob o nome Jaen, produz vinhos muito interessantes, principalmente no Dão.

Os vinhos produzidos com essa casta eram, antigamente, de caráter mais rústico que os atuais, com taninos muito agressivos, inclusive. Hoje, com métodos de cultivo mais precisos e maior cuidado na vinificação, esses vinhos são bem mais atrativos, macios e refinados. Possuem cor viva com reflexos marrons, acidez fresca, taninos suaves porém marcantes.

Seus aromas e sabores frutados remetem a framboesas, amoras, mirtilos e cerejas, mas incluem também um caráter herbáceo, de hortelã ou tomilho.

Dependendo do terroir, Mencía também pode trazer duas distintas características. Em solos de granito e xisto, produz um toque mineral. Em solos de argila, há uma referência à terra.

E esse vinho fica ainda mais fresco e frutado quando as uvas passam por maceração carbônica, ou seja, quando uvas inteiras são submetidas a um ambiente rico em gás carbônico e quase sem oxigênio. E essa parece ser uma tendência.

Falando em tendência, tem sido relativamente comum encontrarmos essa uva em varietais, ou em grandes percentuais, dentro de um corte. Isso mostra que Mencía é capaz de fazer um excelente vinho, por conta própria.

Como harmonizar vinhos produzidos à base de Mencía? Com lombo suíno, por exemplo. Com comida mexicana, também.

Uma curiosidade: já houve certa confusão entre Mencía e Cabernet Franc, que alguns especialistas afirmavam ser a mesma variedade, mas estudos genéticos provaram ser pura especulação.

Mencía é Mencía. Ou Jaen, se você preferir chamá-la assim. E ela merece nossa atenção. E merece, também, o nosso brinde.

E se você quiser ler sobre algumas outras cepas, clique aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.