Síria ou Roupeiro

Pegadinhas à parte, essa casta não é de origem síria. Ela chama-se Síria, mas é nativa de Portugal.

Na realidade, pouco se sabe da sua origem. Mas sua peculiaridade genética leva especialistas a crer que seja uma uva nativa de Portugal.

Síria é a casta branca mais plantada no Alentejo. Aparece também em muitas outras regiões do país, inclusive sob outros nomes, mas somente Roupeiro, o nome alentejano, e Códega, são sinônimos reconhecidos pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV).

Sua distribuição geográfica é bastante singular, pois ela se estende por uma longa e estreita faixa, de norte ao sul do interior do país, abraçando a fronteira espanhola. É plantada, por exemplo, em Trás-os-Montes, Douro, Beiras, Alentejo e Algarve.

Quanto mais alta e fria a região do vinhedo onde planta-se Síria, mais delicados, frescos e elegantes são os vinhos que ela produz. Por isso mesmo, a uva tem feito um movimento migratório, nos últimos tempos, deixando as quentes terras do Alentejo em direção, por exemplo, à Beira Interior e ao Dão.

 Muito produtiva, aliás, a Síria é uma uva de cachos e bagos pequenos, de cor verde amarelada, com a pele medianamente espessa.

Os vinhos produzidos à partir da Síria são ideais para serem consumidos jovens, pois a oxidação precoce é uma característica marcante dessa uva.

Os aromas que normalmente são associados à Síria são laranja e limão, com notas de pêssego, melão, louro e flores silvestres.

Não deixe passar mais essa uva. Mais esse vinho. Mais essa experiência. É disso que é feito o universo do enófilo...

Para harmonizar esse vinho, uma grande dica é a companhia de risoto de aspargos. Os aspargos, que têm fama de difíceis na harmonização devido a um toque metálico no seu sabor, combinam muito com o caráter cítrico da Síria.

Para finalizar, se quiser ler dicas sobre outros alimentos considerados de difícil harmonização, clique aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.