Falanghina

Para pronunciar o nome dessa uva, diga “falanguina”, e capriche no sotaque italiano...

Essa é uma cepa muito antiga, supostamente de origem grega. E, mesmo a OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho) não reconhecendo nenhum sinônimo oficial para seu nome, não é difícil encontrá-la sendo chamada de Falanghina Grega.

O cultivo da Falanghina acontece principalmente na região da Campania, sul da Itália, com o clima quente do Mediterrâneo e no solo vulcânico do Vesúvio. Essa, assim como outras regiões vulcânicas, são muito utilizadas para o cultivo das vinhas. Se quiser ler mais sobre isso, clique aqui.

Apesar de ser um dos símbolos da tendência da enologia na Campania, a Falanghina também tem sido cultivada na Puglia e em Abruzzo, mas ainda é rara fora do território italiano.

A Falanghina é uma uva branca, cujo bago tem cor amarelada, e é coberto por uma fina camada de cera. Os cachos têm forma piramidal. É uma varidade muito produtiva e vigorosa, e que exige grande atenção por parte do viticultor.

Os especialistas reconhecem, pelo menos, dois tipos distintos de Falanghina, a Falanghina Flegrea e a Falanghina Beneventana.

O principal aroma associado à Falanghina, e aos vinhos produzidos a partir dela, é flor de laranjeira. Também é comum a referência a frutas cítricas em geral, e a pinho. Na boca, apresenta sabores de maçã e pera, com notas picantes e também minerais.

No passado, a Falanghina era mais utilizada em vinhos de corte, mas cada vez mais está sendo utilizada em vinhos varietais, nitidamente frescos e alegres.

Para experimentar um vinho produzido com a Falanghina, procure harmonizá-lo com uma salada caprese, ou então, com pizza coberta de rúcula. São excelentes combinações para esse vinho.

Por fim, uma curiosidade: dizem que a Falanghina era a uva utilizada para produzir o Falerno, o vinho mais famoso da Antiguidade, muito apreciado pelos antigos romanos. Será?




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.