O tamanho do barril

Quem acha que barril é barril, e ponto final, está enganado. Redondamente enganado, do formato de um barril...

Os barris utilizados na produção e no amadurecimento de vinhos variam muito, conforme a origem, conforme a idade, conforme o tamanho... Aliás, se quiser ler mais sobre barris de diferentes origens, clique aqui.

Em relação ao tamanho, os barris mais comuns têm capacidade entre 200 e 230 litros, sendo que esse “tamanho ideal” foi sendo determinado ao longo do tempo, num processo empírico de tentativa e erro. 

O mais conhecido é o chamado barril Bordeaux, com capacidade para 225 litros, que virou quase um padrão. O barril de Borgonha é muito parecido, armazenando 228 litros, e também é bastante utilizado.

O tamanho do barril tem relação direta com a influência do carvalho no processo; quanto menor o barril, maior a área de contato entre o vinho e a madeira. E, também, é óbvio, mais fácil fica a sua logística, pois é mais fácil de ser transportado. Em compensação, quanto menor o barril, maiores os custos para o produtor.

Produtores em todo o lugar, do Velho e do Novo Mundo, andam fazendo uso, também, de barris maiores. Barris de 400 ou 500 litros (chamados puncheon) são muitas vezes utilizados para armazenamento intermediário, entre etapas do processo de vinificação, e também para envelhecimentos longos, por volta de 18 meses.

Esses barris maiores também têm sido apreciados para vinhos de determinadas cepas, como, por exemplo, Sangiovese. Alguns produtores consideram que, em barris menores, de 225 litros, algumas castas podem ficar com sabores exagerados de carvalho. É o caso da Sangiovese, e também da Chardonnay, da Pinot Noir...

O menor contato com o carvalho, nos barris maiores, também permite amadurecimento lento sem perder o caráter frutado, segundo alguns produtores.

Também existem aqueles barris específicos de determinada região, ou de determinado vinho, como é o caso dos barris utilizados para o vinho do Porto, de 630 litros, chamados pipes.

Isso, sem falar nos barris de carvalho utilizados na fermentação, que podem variar de 700 litros a tonéis de mais de 20.000 litros, por exemplo. E nada impede que sejam utilizados também para o período de envelhecimento do vinho...

É, as possibilidades são enormes, talvez do tamanho dos maiores barris...

O alto custo dos barris, e a pressão por vinhos de preços acessíveis, fazem esse mercado se repensar, a todo momento. É esperar para ver o que vem por aí.

 




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.