Lugar de vinho é na geladeira?

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), quase 96% das casas, no Brasil, já possuíam geladeira, em 2011. Bom, mas a geladeira é útil para guardar vinho? Sim, ou não?

 Para guardar por tempo indeterminado

Manter suas garrafas de vinho “morando” na geladeira, definitivamente, não é a melhor ideia, do ponto de vista das condições ideais de armazenagem do vinho, tanto do ponto de vista da temperatura, como da umidade.

Isso porque o ideal é que a garrafa seja armazenada a uma temperatura constante, entre 10 e 15°C, mas a temperatura da geladeira normalmente está abaixo disso, entre 2 e 5°C. Além disso, o ambiente interno da geladeira é seco, e a umidade relativa do ar recomendada para a armazenagem de vinhos é, de preferência, acima de 60%.

E como isso prejudica o vinho? Por exemplo, contraindo a rolha, permitindo a entrada de oxigênio, e acelerando o processo de envelhecimento do vinho. Por isso, especialistas recomendam não exceder duas semanas de armazenamento do vinho na geladeira.

 Para servir na temperatura ideal

Recorrer à geladeira para refrescar o vinho antes de servi-lo é, sim, uma boa ideia.

Existe, inclusive, um pequeno truque para que a geladeira ajude a gente a servir o vinho em uma temperatura agradável, próxima da ideal: retirar o vinho branco da geladeira alguns minutos antes de servir, ou colocar o vinho tinto na geladeira alguns minutos antes de servir!

Mas agora, um impasse: geladeira, ou balde de gelo? Na prática, o balde de gelo, quando utilizado corretamente, permite gelar o vinho mais rapidamente do que a geladeira. Para ler sobre isso, clique aqui. Além disso, o balde pode permanecer sobre a mesa, enquanto a garrafa está sendo consumida. Já a geladeira, é claro que não...

 Para guardar o vinho que sobrou

Nesse caso, um viva à geladeira! Ela é o lugar ideal para conservar o vinho que sobrou na garrafa. Preferencialmente com ela na vertical, e de pé. Mas não na porta, se possível, porque ficar agitando o vinho, a cada abertura da geladeira, vai acelerar o processo de oxidação.

Se quiser saber por quanto tempo o vinho dura na geladeira, depois de aberto, clique aqui.

Outra opção, nesse caso, é congelar o vinho no freezer, quando sobra. Se quiser ler sobre isso, clique aqui. Mas o difícil, a gente sabe, é deixar sobrar vinho...!




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.