O vinho a cada dia conquista mais espaço na mesa dos brasileiros. Mas será que combina com a nossa culinária? Pesquisamos alguns dos vinhos mais recomendados, quando o cardápio é tipicamente nacional.
 
Não se deixe levar pela aura de formalidade que às vezes acompanha o vinho... Faça dele um companheiro, também, para aquele sanduíche de de vez em quando!
 
Todo mundo tem uma sugestão de vinho para acompanhar uma boa massa! Mas e quando os desafios são maiores, você sabe como harmonizar?
 
A combinação entre o que se vai comer e o que se vai beber é muitas vezes motivo de tensão e discussão. Bobagem.
 

Vinhos e ervas

As ervas aromáticas enriquecem o sabor dos alimentos, e sempre estão ligadas aos prazeres da arte da culinária. Um bom motivo, então, para conhecermos algumas dicas de como harmonizá-las... 
 
O crescimento da popularidade da comida japonesa, entre os brasileiros, nos últimos anos, foi sem dúvida espantoso. Que tal falarmos, então, dessa harmonização?
 
Muitas são as opções. Servir um único vinho, a noite toda, é inclusive, uma delas. Aí nem precisa de dica, compre seu vinho preferido, aquele que você espera para apreciar nas datas mais importantes! Mas, se for oferecer diferentes opções durante a noite, estão aqui algumas sugestões!
 

Panetone

A palavra Panetto, em italiano, é um pequeno bolo de pão. Panettone seria um bolo grande. Aliás, quanto maior, melhor...
 
Dizem que Champagne combina com tudo. É possível... Mas será que tem limites? Quais?
 
Embora os alimentos doces tenham fama de serem difíceis de harmonizar, eles não são. Ainda mais se você entender o princípio das interações entre o vinho e esse tipo de sabor.
 

O vinho e o sal

Qual a melhor combinação a fazer, quando estivermos diante de uma comida mais carregada de sal?
 
O Dia de Ação de Graças é mundialmente conhecido, e é celebrado, principalmente nos Estados Unidos, na 4ª quinta-feira do mês de novembro.
 
Estava ansioso pelo final de semana, mas não sabe bem, ainda, como aproveitá-lo? A gente dá uma mãozinha...
 
Quando chega o inverno e as temperaturas caem, é chegada a época de reunir amigos em torno de um cardápio bem charmoso: fondue.
 
Definitivamente, a pizza faz parte do nosso cardápio. Não é à toa que temos, no calendário, até um dia dedicado a ela: dia 10 de julho, o Dia da Pizza!
 
Na Páscoa cristã celebra-se a ressurreição de Cristo, que segundo a Bíblia, ocorreu três dias depois de sua crucificação. Essa é, provavelmente, a festa mais antiga do calendário cristão, surgida nos primeiros anos do cristianismo.
 
Uma das combinações que mais atraem os enófilos é o casamento entre queijos e vinhos! Mas que tal surpreender a todos, montando uma noite de queijos e vinhos muito diferente, baseando-se em escolhas tipicamente portuguesas?
 

O vinho do Natal

A ceia de Natal pede vinho. O almoço do dia 25, também. Mas a questão é: qual vinho servir?
 
Com a chegada da Primavera, e a aproximação do verão, é natural que muitas pessoas passem a fazer refeições mais leves. Então, é a hora ideal para algumas dicas de harmonização!
 

Vinhos e sopas

Sopa e vinho, uma excelente combinação, sem dúvida. Mas, dependendo dos ingredientes do seu prato, você pode fazer escolhas ainda mais interessantes para a sua taça!
 
Podemos passar horas falando em harmonização, com possibilidades diferentes, com sutilezas surpreendentes, enfim... Mas, hoje, vamos direto ao ponto: Uma dica por uva!
 
Amantes de café não concebem encerrar uma refeição, sem uma xícara. E a combinação do café e do vinho vem chamando a atenção, em vários pontos moderninhos, espalhados pelo mundo. Então, virou assunto também por aqui.
 

Um único vinho

É comum ouvirmos dicas do vinho ideal para a hora dos aperitivos. Ou então, qual vinho harmonizar com determinada salada, ou com tal prato principal. Sem falar em sugestões para harmonizar com a sobremesa. Mas será que é possível conciliar tudo, com um único vinho?
 
Primeiro, uma tentativa de descomplicar o tema...
O mundo árabe compreende mais de 20 países. O que convencionamos chamar de comida árabe é, na verdade sírio-libanesa. Essa culinária, a qual nos referimos, foi trazida ao Brasil pelos imigrantes árabes que vieram do Líbano e da Síria, no começo do século XX.
 
A harmonização é um assunto recorrente. No fundo, todo mundo fala em descomplicar, mas, na prática, poucos a descomplicam, de fato... Vamos tentar?
 
Muito associado à época da Páscoa, o bacalhau, considerado uma iguaria, tem uma história muito interessante. E nós, que gostamos de vinho, costumamos apreciar, também, boas histórias.
 
De onde será que vem a fama de difícil harmonização entre vinhos e chocolates? Será que ela é verdadeira?
 
Essa uva lida muito bem com a acidez do tomate, ingrediente tão comum na culinária da Itália. E cogumelos e aspargos, também considerados mais complicados de harmonizar, são ainda melhores na presença desses vinhos.
 
Esta é uma uva vinificada de diversos modos, mas os mais comuns são os tintos e os rosés. Bem diferentes um do outro, o tinto é um vinho rico e denso, com sabores intensos de frutas, enquanto os rosés são leves, frescos, e muito fáceis de beber.
 
Alguns pratos carregam o estigma de serem difíceis de harmonizar. Mas não custa nada tentar...
 

Umami

Umami é um sabor difícil de descrever e de entender, e também difícil de harmonizar. Mas, juntos, a gente chega lá!
 
Lasanha é sempre uma boa pedida, em casa, ou no restaurante. E essa é uma refeição que praticamente implora por um bom vinho para acompanhá-la... Mas qual escolher?
 
Esse peixe de água fria, cada vez mais presente no cardápio dos brasileiros, rico em ômega 3 e de cor característica, é um excelente companheiro para bons vinhos. Veja algumas dicas...
 
A variedade de vinhos rosé à disposição, nas prateleiras de supermercados, nas cartas de vinhos de restaurantes, e nos catálogos de lojas especializadas, é cada vez maior.
 
Diante da enorme variedade existente no mundo do vinho, fica difícil não se perder. Mas existem algumas peças-chave nessa história!
 
A combinação entre um vinho e a picância das pimentas tem fama de ser difícil, e é, sem dúvida, um desafio. Mas é daqueles desafios que dá, sim, para a gente para encarar... Você topa?
 

Queijos

Vinho e queijo são dois prazeres da vida. E nada como desfrutar um prazer com simplicidade. Vamos tentar, então, simplificar as dicas dessa combinação? Esqueça o senso comum, e, em primeiro lugar, não prenda-se à velha máxima de que queijo pede apenas vinho tinto.
 
Esses vinhos têm versatilidade para lidar com uma impressionante variedade de combinações de alimentos, inclusive de cozinhas étnicas.