Sauternes

Esse é o vinho de sobremesa mais famoso de Bordeaux, e um dos mais apreciados no mundo inteiro!
 

Barolo

O vinho Barolo é a melhor expressão da uva Nebbiolo, produzido no sopé dos Alpes, na região italiana do Piemonte. Este é, sem dúvida, um dos mais interessantes e famosos vinhos tintos do mundo, e é um típico exemplo de vinho que fica cada vez melhor com a idade!
 

Marsala

Na pontinha da Sicília encontramos a cidade de Marsala, famosa pela história renascentista, pelos sítios arqueológicos, pelas belas paisagens que emolduram o pôr-do-sol, e pela reserva natural com suas salinas. Mas, acima de tudo, Marsala é famosa pelos seus vinhos fortificados capazes de encantar o mundo!
 

Rioja

Uma região de vinhos de alta qualidade e personalidade única. Com uma grande variedade de uvas e de vinhos, Rioja consegue apresentar uma identidade perfeitamente reconhecível, e deliciosamente apreciável... Uma das características mais marcantes dos vinhos de Rioja é a excelente aptidão para o envelhecimento, qualidade que é exclusiva dos grandes vinhos!
 

Corbières

Se você nunca ouviu falar nesse nome, não perca mais tempo. Esse é um dos maravilhosos vinhos do sul da França!
 

Collioure

Vamos começar pela pronúncia? Diga “coliôrr”, e está tudo certo. Agora, vamos ao que interessa!
 

Bandol

Os vinhos são franceses, da região da Provence, mas essa história começa em outro lugar... venha conosco!
 

Châteauneuf-du-Pape

 
Essa é uma das regiões vinícolas de maior reputação no mundo! Só isso já seria um bom motivo para conhecê-la melhor. Mas a história de Châteauneuf-du-Pape tem ainda muito mais a oferecer para os amantes do vinho!
 

Biscoitos

Nem biscoitos, nem bolachas. Aqui o assunto é vinho!
 

Baden

Baden é a terceira maior região vinícola da Alemanha, e é a região mais quente (para nós a menos fria) e mais ensolarada do país. Um lar de vinhos incomparáveis!
 

Cahors

Se você acha que o Malbec nasceu na Argentina, está mais do que na hora de conhecer Cahors, na França!
 

Farroupilha

O mapa do vinho brasileiro vem se tornando cada vez mais relevante e respeitável. E a certificação de vinhos produzidos em Farroupilha é uma das provas dessa tendência.
 

Lavaux

Às margens do lago de Genebra, na Suíça, são cultivadas as vinhas dessa denominação de origem. Sejamos sinceros: isso sim é que é origem...
 

Cava

A origem do espumante espanhol Cava está ligada ao esplendor da viticultura catalã em meados do século 19 e ao conhecimento adquirido a partir das descobertas de Louis Pasteur.
 

Pomerol

Pomerol é a menor área de produção de vinho na região de Bordeaux. Mas, como diz o ditado, é nas menores embalagens que estão os melhores perfumes! Ou os melhores vinhos, por que não?
 

Douro

Essa região, no nordeste de Portugal, é responsável por alguns dos melhores vinhos da Península Ibérica. Bem-vindos ao Douro!
 

Cafayate

No noroeste da Argentina, essa região desfruta de uma excelente reputação no mundo vitivinícola. Sejam bem-vindos à Cafayate!
 

Hermitage

Quando o assunto é terroir de renome, Hermitage é uma das denominações de origem que mais se enquadram no tema.
 

Vin Santo

Essa especialidade italiana não é exatamente uma denominação de origem, mas também não deixa de ser. Entenda o porquê!
 

Bolgheri

Bolgheri é uma exceção à regra, quando o assunto é vinho italiano. Entenda o motivo.
 

Vale do Elqui

Uma das regiões vinícolas mais curiosas, de todo o Chile... Seja bem-vindo ao Vale do Elqui!
 

Moscato D'Asti

O Moscato d’Asti é um vinho típico da região do Piemonte, e do qual os italianos têm muito orgulho, com razão.
 

Barbaresco

As lendas que rondam a origem desse nome, e desse vinho, são charmosas.
 

Frascati

Frascati foi um dos primeiros vinhos italianos a ser oficialmente reconhecido pelo sistema de denominação de origem.
 

Taurasi

Taurasi fica a 1 hora, de carro, de Nápoles. Essa comuna italiana, no sul do país, tem algo em torno de 2.750 habitantes, apenas. Mas é responsável por vinhos impressionantes.
 

Pouilly-Fumé

Um nome engraçado. Mas um vinho para ser levado muito a sério! Venha conosco, conhecer os vinhos da denominação de origem Pouilly-Fumé!
 

Vale do Itata

Tudo bem se você nunca ouviu falar nesse nome. Mas depois de conhecê-lo, talvez você nunca mais o esqueça...
 
Para começo de conversa, sempre é bom se localizar, não é?
 

Carignano del Sulcis

Não perca a chance de conhecer essa denominação de origem! Venha conosco!!!
 

Vale do Limarí

Bem-vindo ao Chile. A uma distância de 400 km ao norte de Santiago, você encontrará o Vale do Rio Limarí, uma das regiões vinícolas de mais destaque no país.
 

Pinto Bandeira

Pinto Bandeira é uma das Indicações de Procedência ligadas a vinhos finos, reconhecidas no Brasil.
 

Islas Canarias

As Ilhas Canárias são um arquipélago localizado no continente africano, perto do litoral marroquino, mas que fazem parte do território espanhol.
 

Encostas D'Aire

Seja bem-vindo à Portugal. Bem-vindo ao norte da região vitivinícola de Lisboa, onde são produzidos os vinhos da denominação de origem Encostas D’Aire. Aproveite a viagem!
 

Saumur

Esse é o nome de uma comuna francesa de menos de 30.000 habitantes, que fica no Vale do Loire. É a terra natal da famosa estilista Coco Chanel (1883-1971). E também é o coração de uma denominação de atraentes vinhos!
 

Suvereto

Esse é o nome de uma comuna italiana, na Toscana, considerada entre as mais bonitas de todo o país, e onde vivem cerca de apenas 3.000 habitantes. Além disso, esse também é o nome de grandes vinhos!
 

Tupungato

Falar em uma região vinícola às vezes pode ser muito genérico. Vamos falar de Tupungato, uma sub-região do Vale do Uco, na província de Mendoza, na Argentina? Vai valer a pena...
 

Superiore di Cartizze

Quando você acha que conhece excelentes espumantes de diversas partes do mundo, alguém abre uma garrafa de Superiore di Cartizze, para mostrar que ainda há muito a conhecer...!
 

Chinon

O passeio de hoje nos leva à França, onde degustaremos um elegante vinho, e estaremos cercados de muita história. O destino? Chinon!
 

Soave

Se você já começou a leitura pensando em suavidade, não pare por aqui, porque está enganado... O nome Soave não tem nenhuma relação com a palavra suave.
 

Brachetto D'Acqui

Uma denominação de origem cheia de graça e com uma lenda sem igual. O vinho? Surpreendente. Pronto, venha conhecer Brachetto d’Acqui.
 

Pla i Llevant

Nome estranho, para dizer o mínimo. Então, vamos começar tentando decifrá-lo... 
 

Santa Barbara

Essa é considerada uma das áreas vitivinícolas mais bonitas e excitantes da Califórnia, de onde saem alguns dos vinhos mais emocionantes dos Estados Unidos. Bem-vindos à Santa Barbara!
 

Vouvray

Amantes de Chenin Blanc vão adorar conhecer. Amantes de espumantes vão adorar conhecer. Bem-vindos à Vouvray!
 

Romanée-Conti

Bem-vindo à Borgonha, terra dos vinhos Pinot Noir mais elegantes do mundo! Mas, mais especificamente, terra da denominação de origem Romanée-Conti, um ícone dos vinhos!
 

Sekt

Até uns anos atrás, era comum todo espumante ser chamado de Champagne. Mas a maioria de nós já sabe, a essa altura, que Champagne é uma denominação de origem de espumante, assim como Prosecco, Cava, Franciacorta, Crémant de Loire... E Sekt, o que é?
 
A Ligúria é uma região no noroeste da Itália, banhada por uma parte do mar Mediterrâneo que é conhecida como mar Lígure. E hoje o vinho vem de uma denominação exatamente de lá...
 

Hunter Valley

Essa é a região vinícola mais antiga e tradicional da Austrália. E também uma das mais interessantes!
 

Alenquer

Alenquer é um concelho português banhado por um rio de mesmo nome, o Rio Alenquer. Pertence ao distrito de Lisboa, ou à antiga província de Estremadura. Bem-vindo a Alenquer, cujo apelido é “Presépio de Portugal”.
 

Vale do Bekaa

A grafia do nome varia bastante: Bekaa, Beqaa, Biqa, Becaa... Mas trata-se do mesmo lugar, a região agrícola mais importante do Líbano.
 

Wachau

Um patrimônio mundial da humanidade, segundo a UNESCO. Uma das mais famosas e respeitadas regiões vitícolas da Áustria. Bem-vindos à Wachau!
 

Valdeorras

Noroeste da Espanha. Comunidade autônoma da Galícia. Província de Ourense. Seja bem-vindo à Comarca de Valdeorras! Aceita um vinho?
 

Alto Adige

Imagine uma combinação perfeita entre a força dos Alpes e o charme mediterrâneo, e você vai encontrar essa denominação italiana, num local com mais de 3.000 anos de tradição vitivinícola: o Alto Adige.
 

La Mancha

A terra de Dom Quixote de La Mancha, personagem de Miguel de Cervantes, é também a maior denominação de origem de vinhos, de toda a Espanha.
 

Côtes de Provence

Esse é um dos nomes mais charmosos do mundo do vinho. Destino de hoje? Provence!
 

Somontano

Bem-vindo à Espanha. Bem-vindo à comunidade autônoma de Aragão, no norte do país. Bem-vindo à Somontano, denominação de vinhos surpreendentes!
 

Rheingau

Nome diferente... É bom começar pela pronúncia, não é? Diga “rain-gau”. Nome diferente, mas fácil.
 

Trentino

 Essa região, vizinha da Lombardia e do Vêneto, fica bem no norte da Itália. E, desde 1971, Trentino é também uma denominação de origem.
 

Navarra

A história da uva e do vinho, nessa região, é realmente interessante. Para quem gosta de história, para quem gosta de uva, e para quem gosta de vinho! Bem-vindo a Navarra, no norte da Espanha!
 

Beira Interior

O nome nos dá uma pista clara da localização. Em português, porque é uma denominação de origem de vinhos de Portugal. Beira, porque fica na borda, na margem do território do país, próximo à fronteira. Interior, porque não está na costa litorânea, e sim, está na fronteira com o país vizinho, colado à Espanha.
 

Orvieto

Conhece Orvieto? A cidade? E os vinhos?
A cidade de Orvieto fica na Umbria, bem no centro da Itália, no meio do caminho entre Roma e Florença.
 

Sonoma Valley

A pouco mais de uma hora de viagem a partir de São Francisco, na Califórnia, fica Sonoma Valley, terra de excelentes vinhos!
 

Paarl

Destino de hoje: África do Sul. Na realidade, no Sul da África do Sul...
 

Anjou

Lugar para lá de atraente para apreciadores de vinho. Uma parte do Vale do Rio Loire, no coração da França. Destino de hoje: Anjou!
 

Franciacorta

O italiano é um povo com fama de quem gosta de festejar. O vinho espumante é um vinho com fama de comemorativo. Parece combinar, então... E combina, mesmo!
 

Mendoza

Mendoza é uma Indicação Geográfica bastante comum de encontrarmos, já que esta é a região vinícola mais importante da Argentina.
 

Valdepeñas

A localização? No sul da comunidade autônoma de Castilla-La Mancha, que fica no centro da Espanha.
 

Campanha Gaúcha

Muito se fala a respeito do desenvolvimento do vinho brasileiro, nos últimos anos. Mas pouco se fala, ainda, nos terroirs específicos que temos no nosso país. A Campanha Gaúcha é um desses terroirs. Venha conosco, conhecê-la.
 

Tasmânia

Essa não é somente a terra de um personagem de desenhos animados, que rosna, gira e devora tudo o que vê pela frente. A Tasmânia também é uma terra de grandes vinhos!
 

Bussaco

A duas horas de Lisboa, a uma hora do Porto, no meio de uma floresta, existe um palácio real. Ou irreal, pois parece até mesmo de contos de fada. Bem-vindo a Bussaco, que não é exatamente uma denominação de origem, mas é sem dúvida, uma lenda do vinho!
 

Valle del Aconcagua

Aconcágua, ou o monte Aconcágua, é o ponto mais alto do continente americano, com quase 7.000 metros de altitude. Um desafio para montanhistas do mundo todo. Mas, aqui, o assunto é vinho. Bem-vindo ao Vale do Aconcágua, uma das regiões vinícolas mais notórias do Chile.
 

Algarve

Algarve é a região vinícola mais ao sul de Portugal. Nos rótulos de vinhos portugueses, Algarve é uma Indicação Geográfica Protegida.
 

Borgonha

Uma localização geográfica excepcional. O clima ideal para o cultivo das uvas. Solos perfeitos. Uvas renomadas. Vinhedos notáveis. Uma grande expertise, adquirida ao longo de muitas gerações. Bem-vindo à Borgonha!
 

Aglianico del Vulture

Lá no sul da Itália, na região de Basilicata, é produzido um vinho sem igual: Aglianico del Vulture, considerado um dos melhores italianos, o que não é pouca coisa...
 

Valencia

Aqui no Brasil, escreve-se Valência ou Valença. Mas vamos respeitar a grafia original? Hoje o assunto são os vinhos espanhóis da denominação Valencia!
 

Moscatel de Setúbal

Esse vinho é um dos mais renomados de Portugal, com grande fama nacional e internacional. É considerado um dos tesouros do país. Um bom motivo para conhecê-lo melhor...
 

Jurançon

Uma denominação cheia de histórias. Um local cheio de charme. Vinhos muito atraentes. Bem-vindo a Jurançon!
 

Morellino di Scansano

Essa é mais uma denominação de origem da Toscana. Um lugar de vinhos apaixonantes.
 

Casablanca

A primeira videira foi plantada, no Vale de Casablanca, somente no final da década de 1970, quando os chilenos buscavam um terroir capaz de produzir brancos excepcionais. Rapidamente, esse nome entrou para o mapa do vinho.
 

Malborough

Difícil pronunciar? Não, não é. Mau-bou-rou.
Difícil localizar? Não, não é. Estamos falando em uma região vinícola da Nova Zelândia, na Oceania.
 

Bordeaux

Impossível explicar Bordeaux em um único artigo. Mas dá para começar, e não há tempo a perder...
 

Ribeira Sacra

Um local onde a montanha se impõe sobre a costa. Um dos tesouros da Península Ibérica. Uma denominação de grandes vinhos. Seja bem-vindo, a Ribeira Sacra, na espanhola Galícia!
 

Campo de Borja

Primeiro, a pronúncia, depois a região e o vinho... Diga Campo de Bor-rra, e estará pronunciando como o fazem os espanhois.
 

Crémant de Loire

Nem só de Champagne vive o espumante francês. Você já degustou um Crémant de Loire?
 

Muscadet

Sabe pronunciar esse nome de vinho? Mius-ca-dé. E sabe que vinho é esse?
 

Colchagua

Se esse nome é novidade para você, saiba que essa é uma localidade chilena, de vinhedos centenários! Que tal, então, conhecê-la?
 

Pico

A Ilha do Pico é a segunda maior ilha do arquipélago dos Açores. Mas isso não quer dizer que seja grande, tendo apenas 42 km de comprimento por 15 km de largura. Grandes, mesmo, são seus vinhos...
 

Dolcetto d’Alba

É bem possível que você ainda não tenha degustado vinhos dessa denominação. Mas você não vai se arrepender, ao conhecê-los...
 

Lanzarote

A ilha mais oriental do arquipélago espanhol das Ilhas Canárias. Vamos conhecer Lanzarote, e seus vinhos!
 
Essa região é uma das mais belas paisagens da Toscana, na Itália. Está nos arredores de importantes centros culturais, como Florença e Siena. Além disso, desfruta de excelente reputação, em função dos vinhos que produz, exibindo o status de DOCG (Denominazione d’Origine Controllata e Garantita) . Sejam todos bem-vindos a Chianti!
 

Vinho do Porto

O Vinho do Porto é um vinho licoroso produzido na Região Demarcada do Douro. Mais do que isso, o Vinho do Porto é um grande embaixador de Portugal, mundo afora.
 

Trás-os-Montes

Esse nome, pitoresco para os brasileiros, significa “além das montanhas”. Vamos então, conhecer os vinhos produzidos em Portugal, além das montanhas?
 

Côtes du Roussillon

No sul da França, Roussillon é a região mais ensolarada de todo o país. E também um lugar de vinhos memoráveis, onde a história do cultivo da uva e da produção do vinho remonta a milhares de anos. 
 

Madeira

A Ilha da Madeira, descoberta em 1419 e pertencente a Portugal, fica a 600 km da costa africana. Esta é uma ilha com nome de vinho. E este é um vinho, com nome de ilha.
 

Penedès

Antes de mais nada, como se diz esse nome? A acentuação confunde a pronúncia, que é Penedês.
 

Vale do Maipo

Essa é a área vinícola mais próxima de Santiago, capital do Chile, localizada na bacia hidrográfica do Rio Maipo.
 

Okanagan

Na província canadense da Colúmbia Britânica, a terceira maior do país, está o pitoresco Vale Okanagan.
 

Graves

Nos arredores da cidade de Bordeaux, solos pedregosos de brita, areia e argila. Uma das menores áreas produtoras de vinho da região vinícola mais famosa do mundo. Bem-vindo a Graves!
 

Commandaria

Esse é um vinho de sobremesa com um sabor tão rico quanto sua história: dizem que Commandaria é o vinho mais antigo que existe, ainda em produção!
 

Fiano de Avellino

Essa é uma denominação classificada desde 2003 como DOCG, Denominação de Origem Controlada e Garantida, o mais alto status de um vinho na Itália. 
 

Constantia

Na África do Sul, essa região produz vinhos realmente incríveis, muitos deles premiados internacionalmente.