Procure saber mais! Ou menos?

Nunca se falou tanto sobre vinho. E essa é uma grande oportunidade para sabermos sempre mais. E conhecimento é um dos prazeres do mundo do vinho. Mas cuidado: essa também é uma grande armadilha!

Por que uma armadilha? Como assim?

O vinho é, antes de mais nada, uma fonte de saúde e de prazer. Mas estamos tão preocupados em entender mais sobre ele, que às vezes nos esquecemos disso.

Se bobear, discute-se mais sobre o processo de produção de determinado vinho, do que sobre o gosto do vinho em si. Discute-se se a colheita das uvas foi feita manualmente, se as leveduras são nativas, se o vinho foi filtrado, e esquece-se de perguntar: “você gostou?”

É claro que todos essas questões são interessantes, e, principalmente, relevantes. A colheita manual, por exemplo, permite a minuciosa seleção de uvas durante o processo, coisa impossível de se fazer durante a colheita mecanizada.

O uso de leveduras nativas, por sua vez, é uma das estratégias para se alcançar um verdadeiro vinho de terroir, que expresse o resultado do seu local de origem.

A escolha por não filtrar o vinho mantém componentes que favorecem a complexidade dos aromas e sabores, e faz parte de uma série de decisões de restringir a intervenção humana durante a vinificação, a fim de obter um vinho que seja o mais natural possível.

Mas nenhuma dessas questões é mais importante do que a pergunta “você gostou do vinho?”.

Pior ainda, quando o vinho deixa de ser o pano de fundo de um encontro entre amigos, e passa a ser o protagonista absoluto! Acaba a noite, as visitas vão embora, e não deu tempo para colocar a conversa em dia, compartilhar aquela história importante que aconteceu durante a semana, porque vocês passaram a noite discordando sobre screw cap ou rolhas de cortiça.

Por isso, cuidado para não cair nessas armadilhas.

O vinho deve servir ao seu prazer. Não você, ao prazer dele!

Além disso, devemos ficar atentos para não virarmos o tão criticado enochato, lembra dele? Para conhecê-lo, clique aqui.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.