Lei sequíssima...

Beber e dirigir obviamente é uma péssima ideia, além de ser ilegal. E por falar em ilegalidade, você já ouviu falar de uma Lei Seca que proibiu totalmente a produção e o comércio de bebidas alcoólicas? Sim, isso já aconteceu, e nem faz tanto tempo assim, não...

Essa lei surgiu num contexto onde o consumo de álcool destilado nos Estados Unidos era o triplo da quantidade consumida atualmente. Estima-se que em 1830, por exemplo, o americano consumia o equivalente a 1,7 garrafas de bebida destilada por semana! Nessa época, o álcool passou a ser visto, por muitos americanos, como a origem dos males da sociedade e a principal causa da criminalidade.

Líderes de movimentos pela temperança e pela abstinência pediam a reedição de materiais escolares, para eliminar referências ao consumo de vinho na Grécia Antiga, e ainda insistiam que Jesus não bebia vinho, e, sim, suco de uva. Uma imagem famosa do 1º presidente americano, George Washington, segurando uma taça de vinho ao se despedir de seus oficiais, foi reeditada e reimpressa, para retirar o vinho da cena.

Foi nesse estranho cenário que surgiu a tal lei...

A 18ª Emenda Constitucional entrou em vigor em janeiro de 1920, quando o país proibiu a produção, o transporte e a venda de bebidas alcoólicas. E essa lei vigorou durante praticamente 14 anos, até dezembro de 1933.

Com a Lei Seca, menos álcool foi consumido, é fato. Mas a decisão foi um fracasso, no sentido de levar a uma sociedade melhor, pois evidentemente incentivou a criminalidade, a violência e a corrupção, e institucionalizou a hipocrisia. A proibição levou ao desrespeito generalizado da lei.

Cada brecha legal era aproveitada, pois permitia-se a produção de bebida para uso pessoal, bem como para sacramentos religiosos ou para fins medicinais. O vinho produzido era muitas vezes de qualidade duvidosa, pela falta de regulamentação e pela falta de conhecimento de produtores inexperientes, e, além disso, bebidas alcoólicas contrabandeadas inundaram o país.

O que se viu, nesse período, foi uma profunda limitação dos direitos individuais, o desenvolvimento do crime organizado, e o consequente surgimento de grandes fortunas de origem ilegal, como a de Al Capone. Alías, isso não está fazendo você se lembrar de alguma cenas de filmes que viu?

Bom, após 13 anos, 10 meses, 19 dias, 17 horas e 32 minutos e meio de Lei Seca, diz a história que o presidente Franklin Roosevelt teria declarado: “O que a América precisa, agora, é de uma bebida!” 

Com moderação, é claro! Tanto lá, quanto aqui, quanto em qualquer circunstância ou local onde se queira aproveitar melhor o prazer e benefícios desse néctar, o vinho.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.