Mais vinho, menos risco de osteoporose

Mulheres que bebem vinho moderadamente podem estar fazendo um favor para a saúde dos seus ossos, sugere uma pesquisa científica.

O resultado da pesquisa foi divulgado, em 2012, por meio de artigo publicado em um periódico científico americano, chamado Menopause: The Journal of the North American Menopause Society.

As mulheres envolvidas na pesquisa consumiam em média 1,4 doses de álcool por dia, e 90% delas eram consumidoras de vinho. Todas elas mulheres saudáveis, no início da menopausa, e não submetidas à terapia hormonal. A idade média era de 56 anos, e nenhuma delas tinha histórico de fraturas relacionadas à osteoporose.

Os pesquisadores colheram amostras de sangue no início do estudo. Depois de duas semanas de abstinência de álcool, foram colhidas novas amostras. E, um dia após o consumo habitual de cada voluntária ser liberado, colheu-se novamente.

Os resultados obtidos indicaram que o consumo moderado de álcool reduz marcadores bioquímicos de remodelação óssea. Isso permite afirmar que há um possível benefício à saúde dos nossos ossos, com a redução de perda de massa óssea.

Os cientistas advertem, no entanto, para os riscos do abuso de álcool, reafirmando que, inclusive, esse resultado não justifica a introdução do hábito com esse fim, por mulheres que não necessariamente sejam apreciadoras de vinho, visto que existem outras estratégias para a redução do risco de osteoporose.

Além disso, esse é um estudo realizado com uma amostragem pequena, de apenas 40 mulheres. Segundo a própria pesquisadora, a PhD Urszula Iwaniec, professora da Universidade Estadual de Oregon, é necessário repetir a pesquisa com grupos maiores, para verificar se os resultados se sustentam.

Mas não será uma surpresa se essa boa notícia for confirmada. Afinal, será só mais um dos muitos benefícios que o consumo regular e moderado de vinho pode nos trazer!

Aliás, para ler mais sobre isso, clique aqui.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.