Geleia de vinho

Imagine uma geleia bonita, cheirosa e brilhante. Agora, imagine se ela tiver sabor de vinho!

 Rendimento

200 gramas

 Ingredientes

.  750 ml de vinho tinto seco
.  1 xícara (de chá) de açúcar
.  1 colher (de chá) de suco de limão
.  ½ colher (de café) de manteiga sem sal

 Modo de Preparo

Coloque o vinho em uma panela antiaderente e leve ao fogo, para reduzir, por 25 minutos após levantar fervura.

Acrescente o açúcar, o suco de limão e a manteiga, mexendo sem parar por mais 5 minutos, ou até começar a ver o fundo da panela (ponto de brigadeiro mole, pois ela ainda vai ganhar consistência na geladeira).

Desligue o fogo, transfira a geleia da panela para um pote, e leve para a geladeira por pelo menos 4 horas, para alcançar a temperatura e a textura ideais.

 Harmonização

Essa geleia vai acompanhar muito bem queijos tipo brie e camembert. Mas ela também pode ser uma boa ideia para ser servida com torradas e bolos, por que não?

Uma pergunta: que vinho usar na receita? Nós optamos por usar um vinho elaborado com Cabernet Sauvignon, para dar profundidade à cor da geleia. A qualidade do vinho? Escolhemos um vinho agradável de beber, e com preço atrativo. Evite usar vinho de baixa qualidade na cozinha. Afinal, o que vai para a panela, também vai para a boca! Se quiser ler mais sobre isso, clique aqui.

Uma observação: a manteiga usada na receita serve para dar brilho à geleia. Não se preocupe, que a geleia não terá gosto de manteiga.

Uma dúvida: essa geleia tem álcool, ou ele evaporou totalmente? De acordo com uma pesquisa realizada pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, na década de 1990, é possível deduzirmos que, após esse tempo de fervura, a participação do álcool no vinho, que era de aproximadamente 14%, significará apenas 4% na composição dessa geleia. Se quiser entender melhor esse assunto, clique aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.