Nhoque caseiro e com um bom vinho

Esse prato típico italiano, simples e barato, tem uma tradição: dia 29 é dia de comer nhoque da fortuna! Nesse dia, muitas pessoas escolhem essa refeição e comem com uma nota embaixo do prato, a fim de atrair boa sorte. Mas você sabe o motivo?

Diz a lenda que é em homenagem a São Pantaleão, que, ao longo de sua peregrinação por todo o norte da Itália, realizou uma série de milagres.

Uma versão da lenda, a mais simples, conta que ao longo de sua jornada, São Pantaleão pediu a alguns agricultores pobres um pouco de pão. Eles ofereceram o que tinham, e foram abençoados. No ano seguinte, esses pobres agricultores foram surpreendidos com uma safra inacreditável. Desde então, os agricultores passaram a honrar a produção agrícola, glorificando São Pantaleão, com uma refeição simples e barata: o nhoque.

Outra versão da mesma lenda, mais pitoresca e talvez mais fantasiosa, diz que São Pantaleão chegou à casa de uma família muito pobre, pedindo comida. A família dividiu com ele o pouco que havia, tendo cada um ficado com somente 7 pedacinhos de nhoque para saciar a fome. Depois que o visitante saiu, a família encontrou moedas de ouro embaixo dos pratos!

Mas, segundo alguns, a verdadeira razão para o hábito de comer nhoque no dia 29 seria pelo fato de ser, historicamente, o último dia antes do pagamento. Com as finanças apertadas no fim do mês, essa seria uma refeição ideal: fácil de preparar, deliciosa, e barata!

Acredite ou não em alguma das versões, não perca a oportunidade de experimentar essa receita de família, italianíssima!

Rendimento:

4 porções

Ingredientes:

-  1 kg de batata
-  400 g de farinha de trigo para a massa
-  100 g de queijo parmesão ralado
-  1 ovo inteiro
-  1 colher (de sopa) de manteiga
-  Sal a gosto
-  200 g de farinha de trigo para polvilhar a mesa

Modo de Preparo:

Cozinhe as batatas com casca, assim ficam menos úmidas. Passe as batatas pelo espremedor (não use processador de alimentos), e acrescente o ovo batido e o queijo, enquanto o purê de batatas ainda estiver meio quente.

Com o purê já mais frio, acrescente a farinha de trigo e o sal, e misture tudo muito bem.

Faça rolinhos com a massa, sobre uma mesa polvilhada com farinha, e vá cortando os pedacinhos de nhoque.

Em uma panela com água fervendo, uma pitada de sal e um fio de óleo, coloque poucos pedaços por vez. Espere o nhoque subir, e retire-o com auxílio de uma escumadeira.

Dica: se você for embalar o nhoque para guardar ou congelar, dê um choque térmico com água fria, assim que retirá-lo da panela, e deixe-o escorrer. Em seguida, coloque o nhoque em um recipiente e misture com 2 colheres (de sopa) de óleo.

Harmonização:

Se optar por um molho à base tomates, procure harmonizar com os tintos italianos Chianti, Barbera, Barolo ou Barbaresco.

Se preferir um molho branco, dê preferência ao Chardonnay ou Viognier.

Bom apetite!




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.