Nhoque caseiro e com um bom vinho

Esse prato típico italiano, simples e barato, tem uma tradição: dia 29 é dia de comer nhoque da fortuna! Nesse dia, muitas pessoas escolhem essa refeição e comem com uma nota embaixo do prato, a fim de atrair boa sorte. Mas você sabe o motivo?

Diz a lenda que é em homenagem a São Pantaleão, que, ao longo de sua peregrinação por todo o norte da Itália, realizou uma série de milagres.

Uma versão da lenda, a mais simples, conta que ao longo de sua jornada, São Pantaleão pediu a alguns agricultores pobres um pouco de pão. Eles ofereceram o que tinham, e foram abençoados. No ano seguinte, esses pobres agricultores foram surpreendidos com uma safra inacreditável. Desde então, os agricultores passaram a honrar a produção agrícola, glorificando São Pantaleão, com uma refeição simples e barata: o nhoque.

Outra versão da mesma lenda, mais pitoresca e talvez mais fantasiosa, diz que São Pantaleão chegou à casa de uma família muito pobre, pedindo comida. A família dividiu com ele o pouco que havia, tendo cada um ficado com somente 7 pedacinhos de nhoque para saciar a fome. Depois que o visitante saiu, a família encontrou moedas de ouro embaixo dos pratos!

Mas, segundo alguns, a verdadeira razão para o hábito de comer nhoque no dia 29 seria pelo fato de ser, historicamente, o último dia antes do pagamento. Com as finanças apertadas no fim do mês, essa seria uma refeição ideal: fácil de preparar, deliciosa, e barata!

Acredite ou não em alguma das versões, não perca a oportunidade de experimentar essa receita de família, italianíssima!

Rendimento:

4 porções

Ingredientes:

-  1 kg de batata
-  400 g de farinha de trigo para a massa
-  100 g de queijo parmesão ralado
-  1 ovo inteiro
-  1 colher (de sopa) de manteiga
-  Sal a gosto
-  200 g de farinha de trigo para polvilhar a mesa

Modo de Preparo:

Cozinhe as batatas com casca, assim ficam menos úmidas. Passe as batatas pelo espremedor (não use processador de alimentos), e acrescente o ovo batido e o queijo, enquanto o purê de batatas ainda estiver meio quente.

Com o purê já mais frio, acrescente a farinha de trigo e o sal, e misture tudo muito bem.

Faça rolinhos com a massa, sobre uma mesa polvilhada com farinha, e vá cortando os pedacinhos de nhoque.

Em uma panela com água fervendo, uma pitada de sal e um fio de óleo, coloque poucos pedaços por vez. Espere o nhoque subir, e retire-o com auxílio de uma escumadeira.

Dica: se você for embalar o nhoque para guardar ou congelar, dê um choque térmico com água fria, assim que retirá-lo da panela, e deixe-o escorrer. Em seguida, coloque o nhoque em um recipiente e misture com 2 colheres (de sopa) de óleo.

Harmonização:

Se optar por um molho à base tomates, procure harmonizar com os tintos italianos Chianti, Barbera, Barolo ou Barbaresco.

Se preferir um molho branco, dê preferência ao Chardonnay ou Viognier.

Bom apetite!




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.