O charme do carvalho francês

Por que envelhecer em barris de carvalho francês é um motivo de orgulho? O que o carvalho francês tem de tão especial?

Na França existem cerca de 14 milhões de hectares de floresta. O carvalho ocupa mais de 30% desse total, com 4,5 milhões de hectares.

Desde o século 18 o governo francês controla com rigor a retirada da madeira das florestas, de maneira a evitar a exploração exagerada, e a garantir uma produção sustentável de carvalho.

Para produzir as aduelas de um barril, é necessário um tronco sem defeitos, e que tenha pelo menos 40 cm de diâmetro. As árvores usadas para esse fim, que são uma minoria, às vezes têm mais de 200 anos de idade! Sim, um carvalho leva de 150 a 230 anos para atingir o ponto ideal de maturidade para ser utilizado na tanoaria (produção de barris).

Além disso, para garantir a impermeabilidade dos barris, o carvalho francês deve ser cortado em um determinado sentido, seguindo o desenho dos seus grãos. Isso diminui a produtividade, e acaba aumentando o custo da operação. Esse é um dos motivos para o carvalho francês custar até o dobro do americano!

Com altos custos de produção e um ciclo tão longo, o cultivo de carvalho não é uma atividade tão atrativa para a iniciativa privada. Cerca de 40% das florestas de carvalho francesas, as mais bonitas inclusive, são de propriedade pública.

Análises em laboratório mostram que o carvalho francês é o que possui mais taninos, mesmo com um impacto aromático mais comedido. Assim, é a escolha mais indicada para longos períodos de amadurecimento de um vinho.

Isso sem falar no charme inerente à França, quando o assunto é o mundo do vinho...

Bom, se quiser desvendar mais segredos a respeito do carvalho utilizado para a produção dos barris onde amadurecem alguns dos vinhos que amamos, clique aqui.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.