O vinho e a umidade do ar

A baixa umidade relativa do ar é sempre um motivo de preocupação. Até para os nossos queridos vinhos...

São muitos os impactos de baixos índices de umidade do ar. A baixa umidade do ar aumenta o perigo de incêndios. Diminui a qualidade do ar que respiramos. Compromete a saúde humana.

Mas você sabe qual a influência do nível da umidade relativa do ar, na sua adega?

Se a umidade do ar for muito baixa, a rolha ressecará, encolhendo de tamanho. A consequência disso é prejuízo ao vinho. Uma rolha encolhida não veda a garrafa corretamente, permitindo a entrada e a saída do oxigênio. Aí, o vinho oxida, além de evaporar. Além disso, há uma questão de estética e de identificação. Em ambientes extremamente secos, o rótulo muitas vezes pode se descolar do vidro.

E qual a condição recomendada para a armazenagem de vinhos? Pelo menos 50% de umidade relativa do ar. O ideal? Acima de 60%. Há quem defenda um mínimo de 75%.

E será que existe um máximo, recomendado? Especialistas falam em 80%.

Se o ambiente estiver excessivamente úmido, não há risco eminente para o vinho, em si. Em compensação, os rótulos podem mofar e apodrecer. Assim, é bom assegurar-se de que seus vinhos estão em áreas bem ventiladas, e longe de paredes com excesso de umidade.

Para verificar o grau de umidade de um ambiente, confie em um higrômetro. Muitos termômetros digitais funcionam, também, como higrômetros.

E, para chegar aos níveis ideais de umidade, coloque uma bacia de água no local, utilize umidificadores ou desumidificadores de ar, dependendo do caso.

Só não deixe o vinho estragar. Ele não merece. Nem você.

Obviamente, essa não é uma preocupação para o vinho que armazenamos por pouco tempo, para consumirmos no dia a dia. Mas é um fator que deve ser levado em conta quando o vinho estiver sendo armazenado por anos. Esse é um assunto que já abordamos, e que, se você quiser ler, clique aqui.

E, se quiser saber mais sobre rolhas de cortiça, conhecendo como são produzidas, clique aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.