O milagre do vinho

Uma das histórias mais bonitas relacionadas ao vinho vem do Cristianismo, no momento em que Jesus realiza seu primeiro milagre.

Esse fato aconteceu durante uma cerimônia de casamento, na aldeia de Caná, na Galileia, a cerca de 7 km de distância de Nazaré.

Estudiosos da Bíblia entendem que deveria haver algum grau de parentesco, ou um forte laço de amizade, entre a família dos noivos e Maria, pois ela já estava na festa antes de Jesus chegar, e foi ela quem pediu a ajuda de Jesus quando o vinho acabou.

Certamente era um fato lamentável, que, durante os dias de comemoração das bodas, o vinho que estava sendo servido aos convidados acabasse. Ainda mais em uma situação na qual a hospitalidade era considerada sagrada, e na qual o vinho tinha um imenso valor simbólico, de alegria, vida e abundância aos noivos.

Diante do pedido de Maria, Jesus diz que sua hora ainda não chegou, mas Maria orienta os serventes a obedecerem Jesus.

Jesus pede que os serventes encham com água 6 jarros, e esse líquido transforma-se em vinho!

Uma curiosidade: segundo estudiosos bíblicos, os 6 jarros usados no milagre continham algo como 720 litros de vinho! Ou seja, o equivalente a quase mil garrafas...

Outra curiosidade: há quem afirme que esse vinho talvez fosse branco, porque a pessoa responsável pela festa o provou ainda acreditando ser água...

Mas, ao experimentar o vinho, sem conhecer sua procedência, essa pessoa exclamou ao noivo: "Todos servem primeiro o melhor vinho e, depois que os convidados já beberam bastante, o vinho inferior é servido; mas você guardou o melhor até agora".

É tudo o que um anfitrião quer ouvir, não é?

De qualquer maneira, independente da crença religiosa de cada um, essa é sem dúvida uma linda história relacionada ao mundo dos vinhos!




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.