Alto Adige

Imagine uma combinação perfeita entre a força dos Alpes e o charme mediterrâneo, e você vai encontrar essa denominação italiana, num local com mais de 3.000 anos de tradição vitivinícola: o Alto Adige.

Como se pronuncia esse nome? Alto Ádidge. Simples.

As vinhas do Alto Adige estão protegidas dos ventos frios pelos Alpes, ao norte. Do sul, por sua vez, chegam correntes de ar quente vindas do Lago di Garda e do Mediterrâneo. Assim, o clima no Alto Adige é ameno, com temperatura média de 18°C, com mais de 300 dias de Sol por ano, e com grandes variações térmicas entre o dia e a noite.

Mais de 60% dos vinhedos do Alto Adige são ocupados por uvas brancas, sendo as mais plantadas a Pinot Grigio, a Gewürztraminer, a Chardonnay, e a Pinot Blanc.

E entre as tintas, as mais cultivadas são duas uvas nativas, chamadas Schiava e Lagrein, ao lado da internacional Pinot Noir.

Quais são os grandes destaques do Alto Adige? Vinhos brancos produzidos com a Pinot Grigio, de estilo refrescante e picante. Tintos leves à base da uva nativa Schiava, e tintos robustos e longevos, à base da uva Lagrein. Por fim, espumantes. Sim, espumantes!

Apesar do clima ameno predominante, uvas Pinot Blanc, Pinot Noir e Chardonnay, cultivadas em altitudes mais elevadas, nos Alpes do Alto Adige, desenvolvem a acidez necessária para a produção de excelentes espumantes cheios de frescor.

Produzidos pelo método clássico, no qual a segunda fermentação dá-se depois do vinho engarrafado, os espumantes do Alto Adige envelhecem por pelo menos 15 meses antes da comercialização.

Curiosidade: Atualmente, são produzidas cerca de 250.000 garrafas de espumantes por ano, no Alto Adige. É bem pouco, se compararmos às 386 milhões de garrafas produzidas anualmente em Champagne! Mas pode acreditar: o mundo das borbulhas ganha muita qualidade com a pequena produção de Alto Adige.

Outra curiosidade: Para reconhecer os vinhos da denominação de origem Alto Adige, procure pelo nome Südtirol estampado na cápsula das garrafas. Südtirol é o nome da província Alto Adige em alemão, idioma falado por 2/3 da população do local, que fez parte do Império Austro-Húngaro até 1919.

E, para quem acha que entende tudo de vinho italiano, esse país tem sempre mais a nos ensinar! Que bom! Então, se quiser continuar lendo sobre a produção de vinhos na Itália, clique aqui.

 




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.