Romanée-Conti

Bem-vindo à Borgonha, terra dos vinhos Pinot Noir mais elegantes do mundo! Mas, mais especificamente, terra da denominação de origem Romanée-Conti, um ícone dos vinhos!

 Vamos primeiro nos localizar, e dar nomes aos bois...

A Borgonha é uma das regiões administrativas da França, e é dividida em 4 departamentos. Um destes departamentos é Côte-d'Or, um local muito valorizado, onde vivem pouco mais de 500 mil habitantes.

Côte-d'Or divide-se em Côte de Nuits, ao norte, e Côte de Beaune, ao sul. Côte de Nuits engloba 14 comunas francesas. Uma dessas comunas é chamada Vosne-Romanée, onde vivem apenas cerca de 400 pessoas.

Pois bem. Na pequena comuna de Vosne-Romanée podem ser produzidos vinhos de 24 diferentes denominações de origem (Apelação de Origem Controlada, na França). Uma dessas denominações de origem é Romanée-Conti.

Porém, todos os vinhedos localizados dentro da área demarcada desta denominação pertencem a uma única empresa produtora de vinhos, chamada Domaine de la Romanée-Conti (conhecida como DRC, para os íntimos...). Domaine é a palavra usada na Borgonha para se referir ao produtor de vinho, similar ao Château, em Bordeaux.

 Então, vamos falar de Romanée-Conti?

Esse é um Grand Cru, ou seja, está entre os vinhedos de reputação máxima da Borgonha. Para ler mais sobre isso, clique aqui.

A área demarcada de Romanée-Conti é de 1,81 hectares, que equivalem a apenas 18.100 metros quadrados.

A produção também é pequena. A cada safra, somente entre 3 e 6 mil garrafas. Para a safra de 2015, por exemplo, estima-se que serão aproximadamente 5.000 garrafas.

É um vinho tão cobiçado, que a venda é negociada antes de o vinho ser engarrafado, para distribuidores e clientes selecionados previamente pelo produtor. E depois, é disputado por grandes milionários.

 E o vinho?

É um tinto produzido a partir da cepa Pinot Noir, e é notório por ser muito aveludado na boca. Grandes críticos de vinho, do mundo, costumam analisá-lo usando termos como inigualável, incomparável, único, e até mesmo, indescritível.

 Mas por que os vinhos Romanée-Conti são tão caros?

Os preços estratosféricos justificam-se, na verdade, por leis de mercado... Esses vinhos custam quanto custam, simplesmente, porque há quem pague esse valor.

E por que algumas pessoas estão dispostas a pagar tanto, por esse vinho? Muito mais pelo glamour em torno desse lendário nome, do que pelas suas excelentes e incontestáveis características, em si. É o preço a pagar para poder afirmar ter degustado "um dos vinhos mais caros do mundo"!

Trata-se, também, de um excelente investimento, para alguns. Uma garrafa, ao longo dos anos, tem seu valor várias vezes multiplicado, em dólar!

Contrariando esse fato, um dos proprietários do Domaine de la Romanée-Conti, Aubert de Villaine, mostra-se abismado com essa valorização excessiva, tendo inclusive já dito: "Lamento o efeito especulativo, porque vejo garrafas do Domaine serem vendidas em leilão por preços ridículos, irreais, de US$ 20 mil. O vinho é para ser bebido, e não para se pagar caro para tê-lo na adega!"

Para encerrar, se quiser ler mais sobre a Pinot Noir, a uva utilizada na produção do famoso Romanée-Conti, clique aqui.





Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.