Chinon

O passeio de hoje nos leva à França, onde degustaremos um elegante vinho, e estaremos cercados de muita história. O destino? Chinon!

A área coberta por essa denominação compreende 2.300 hectares, que se estendem por um total de 18 comunas francesas, em ambos os lados do rio Vienne, afluente do rio Loire. Ao todo, são cerca de 200 vitivinicultores atuando sob as regras dessa denominação de origem.

Aqui, o encanto renascentista atrai turistas em busca de história e, é claro, de vinho!

O clima em Chinon é um assunto à parte. A confluência dos rios Vienne e Loire favorecem a influência do Atlântico, e um clima oceânico penetra até o interior chegando às encostas e aos terraços mais distantes. As encostas, aliás, desfrutam de uma grande quantidade de luz do Sol.

São produzidas, anualmente, cerca de 15.000.000 garrafas rotuladas sob a denominação Chinon. Destas, 92% correspondem a vinho tinto.

Tintos e rosés, em Chinon, são elaborados quase que exclusivamente com Cabernet Franc, também chamada de Breton. A Cabernet Sauvignon também está autorizada pelas regras da denominação, contanto que não ultrapasse 10% de participação em um corte. Vale ressaltar que dizem que, é em Chinon, que a Cabernet Franc melhor expressa a sua elegância!

O vinho tinto de Chinon, quando jovem, apresenta cor cereja variando para púrpura. Conforme envelhece, sua cor se transforma em marrom com reflexos roxos. São vinhos frutados, frescos e leves, com taninos macios. Os aromas iniciais são de frutas silvestres vermelhas e pretas, como morango, framboesa, cereja, groselha e amora, sem falar nas flores, como violetas. Com o tempo, desenvolve-se um buquê que remete a frutas cristalizadas, a ameixa, a especiarias como canela e baunilha, e também a couro. Trata-se de um vinho gastronômico, que pede uma refeição cuidadosamente elaborada. 

O vinho rosé rotulado como Chinon, por sua vez, tem uma cor que varia de salmão a rosa brilhante, e combina aromas de pêssego, lichia, e pequenas frutas vermelhas. Refrescante e leve, é bastante surpreendente.

Já para o raro vinho branco de Chinon, a uva utilizada é a Chenin Blanc, também chamada de Pineau de Loire.

Esse é um vinho macio, cuja textura é associada ao tafetá. É mineral, de cor levemente dourada, e aromas cítricos e florais, apresentando um resultado bastante complexo.

Não perca a oportunidade de degustar um vinho de Chinon. É um dos pequenos prazeres da vida, sem sombra de dúvida!

Para encerrar, duas curiosidades históricas a respeito de Chinon:

 Aqui nasceu François Rabelais (1494-1553). Professor, médico, frade franciscano e escritor francês, consagrado por suas sátiras à superstição e às interpretações adulteradas que a Idade Média alimentara.

 Em 1429, foi no Castelo de Chinon que Joana D’Arc (1412-1431) foi ao encontro do rei Carlos VII (1403-1461), e convenceu-o a mobilizar um exército, que comandado por ela, empreendeu uma série de vitórias em favor da França.

E se quiser ler mais sobre a França e seus vinhos, clique aqui.

Saúde! Ou, como dizem os franceses, Santé!




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.