5 perguntas que você não deve fazer...

Ou que você não precisa fazer, se ler esse artigo!

Há sempre o que aprender no mundo do vinho, e engana-se qualquer um que afirme saber tudo. Mas há algumas perguntas que, principalmente um principiante no assunto, pode não saber a resposta, mas ficar constrangido de perguntar. Para quem sabe, pode ser óbvio. Mas para quem não sabe, não é! Simples assim. Por isso, a gente responde, aquilo que você não deve perguntar!

 Vai servir só isso?

Para beber vinho, esqueça os copos e taças servidos literalmente até a boca. A recomendação mais comum é servir no máximo 1/3 da capacidade da taça. Por quê? Para que você consiga girar a taça. Para quê? Saiba, lendo outro artigo, aqui.

 De onde é esse Champagne?

Champagne é o nome oficialmente dado ao vinho espumante produzido na região francesa de Champagne, segundo regras estabelecidas pela legislação local. Se quiser saber onde é produzido determinado vinho espumante, pergunte: De onde é esse espumante? Porque Champagne é sempre de Champagne.

 Vinho rosé não é coisa de mulher?

De jeito nenhum. Não é coisa de mulher. Não é um vinho inferior. Não é necessariamente doce (aliás, a maioria não é doce, é seco). E mais: vinho rosé está na moda. Na França, e em muitos outros lugares. Então, que tal quebrar paradigmas e degustá-los?

 Quando o vinho é doce alguém adicionou açúcar?

Via de regra, não. Até porque a adição de açúcar é uma prática legalmente permitida, mesmo assim com restrições, em poucas regiões vinícolas. O vinho doce é doce, na maioria dos casos, devido à concentração de açúcares na própria uva, ou devido à interrupção da fermentação, antes que todo o açúcar da uva tenha sido convertido em álcool. Para ler mais sobre isso, clique aqui.

 Qual a diferença entre um Cabernet Sauvignon e um Barolo?

São coisas diferentes. Cabernet Sauvignon é o nome de uma uva, das mais cultivadas, no mundo todo. Você pode ter um vinho produzido com Cabernet Sauvignon na França, no Brasil, ou até mesmo na China. Barolo, por sua vez, é uma denominação de origem, assim como Champagne. Somente podem ser rotulados como Barolo vinhos produzidos no próprio vilarejo de Barolo, e em seus arredores, utilizando a uva italiana Nebbiolo, e seguindo rígidas regras que regulamentam essa denominação.

O mundo do vinho, como sabemos, costuma intimidar. Mas nosso intuito, aqui, é sempre descomplicá-lo. Sempre. Sem frescura, e com informação.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.