Cortese

Começando por uma curiosidade, engraçadinha. Essa uva é também conhecida como Bianca Fernanda! Esse sinômino é, inclusive, oficialmente reconhecido pela OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho).

Trata-se de uma uva de origem piemontesa, mencionada em documentos do começo do século 17, sendo que o apelido Bianca Fernanda, de fato, é utilizado quase que restritamente na região do Vêneto.

O nome Cortese, por sua vez, dizem que deve-se ao caráter cortês, bem-educado, delicado e polido, dessa variedade, e do vinho elaborado a partir dela. Vai saber...

Cortese é uma variedade de pele fina, e esse é um dos motivos para ela também ser consumida como uva de mesa, principalmente no Piemonte, o que acaba aumentando a sua popularidade.

Mas é também, a mesma pele fina, que faz da Cortese uma uva mais frágil, e mais suscetível a problemas, como por exemplo, apodrecimento.

Trata-se de uma variedade muito vigorosa, que precisa ter seus rendimentos controlados por meio de poda, para que seus frutos concentrem sabores e qualidades.

Trata-se, também, de uma variedade que demora a amadurecer, fato que lhe confere acentuada acidez.

Assim, o vinho produzido com Cortese é marcado pelo frescor e pela alta acidez, às vezes amansada por meio da fermentação malolática. Para saber mais sobre esse processo, clique aqui. Essa mesma acidez, aliás, possibilita interessantes versões espumantes elaboradas com Cortese.

Cortese é vista em vinhos varietais do Piemonte, e também em vinhos de corte, mais comuns em outras regiões. Algumas cepas utilizadas ao lado da Cortese, em vinhos de corte, são Trebbiano e Garganega.

Os aromas mais associados à Cortese são limão, maçã, pêssego, amêndoa e ervas.

A denominação de origem mais famosa a utilizar Cortese em seus vinhos é a DOCG (Denominação de Origem Controlada e Garantida) Gavi, ou Cortese di Gavi. Outros rótulos que também trazem essa uva em seus vinhos, por exemplo, são Cortese dell'Alto Monferrato e Colli Tortonesi.

A harmonização de um vinho produzido à base de Cortese, com camarões grelhados, é considerada das mais perfeitas. Fica a dica...

Começamos com uma curiosidade, e vamos encerrar com outra: fora da Itália, é também possível encontrar vinhedos de Cortese na Croácia, nos Estados Unidos, na Austrália, e... no Brasil.

Cortese, é um prazer conhecê-la!!!





Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.