Chasselas

Primeiro a pronúncia! Diga “Chas-si-lá”. Agora, vamos à uva...

Existem teorias que ela seria originária do Egito, ou então da comuna francesa chamada Chasselas, que fica na região da Borgonha. O fato é que Chasselas é uma cepa branca cultivada em toda a Europa Central, mas que encontrou sua casa e seu local de destaque, definitivamente, na Suíça, onde ela virou a uva emblemática do país!

É uma variedade relativamente fácil de ser cultivada, mas não é adequada para solos muito secos ou muito férteis.

É uma cepa muito vigorosa e produtiva, que necessita ser devidamente podada para que seus bagos apresentem a concentração de aromas e sabores necessária para a produção de grandes vinhos.

Talvez por isso ela seja subestimada, por exemplo, na Alsácia, onde ela aparece mais como coadjuvante em vinhos mais baratos. Ou talvez seja pelo fato de ser consumida principalmente como uva de mesa, e não utilizada para vinificação. Sabe-se lá...

A uva Chasselas é altamente influenciada pelo seu terroir, expressando as diferenças nas composições do solo e na diversidade de condições climáticas.

Os melhores exemplos do vinho elaborado com a Chasselas, como os suíços, podem mostrar uma gama de sabores frutados, florais e minerais, em perfeita harmonia com a boa acidez advinda do amadurecimento precoce dessa cepa, e com capacidade de envelhecer muito bem.

Outros bons produtores de Chasselas são a Nova Zelândia, a Alemanha, a Itália e a Áustria. E os sinôminos mais utilizados para nomear essa variedade são Fendant e Gutedel.

Chasselas é um vinho fresco e frutado, e os aromas mais associados aos vinhos produzidos com essa variedade são frutas cítricas, maçã verde e pêssego. Com o envelhecimento, ganha notas de mel e nozes, bem como um tom mais dourado.

Chasselas é tão versátil que funciona bem como aperitivo, e também durante a refeição. Para degustar um Chasselas à moda suíça, a harmonização mais recomendada é, sim, com fondue de queijo. Porém, esse é um vinho deslumbrante, também, com pratos à base de cogumelos, e frutos do mar.

E, já que o assunto é Suíça, para ler mais sobre a produção de vinhos nesse país, clique aqui.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.