À bolonhesa, como na Bolonha!

Sempre tem alguém para dizer: “essa é a receita verdadeira!” Pois bem. Nesse caso, é mesmo. Entenda o motivo.

Para preservar a tradição da verdadeira receita típica da Bolonha, a Câmara de Comércio da Bolonha registrou essa receita como sendo a oficial, em 17 de outubro de 1982, seguindo orientação da delegação bolonhesa da Accademia Italina della Cucina!

Ou seja, receita verdadeira verdadeiríssima! E, para a maioria de nós, bastante surpreendente!

 Rendimento:

4 porções

 Ingredientes:

.  300 g de carne magra bovina picada grosseiramente
.  150 g de pancetta ou toucinho (barriga de porco curada mas não defumada)
.  50 g de cenoura em cubos
.  50 g de aipo picado
.  50 g de cebola picada
.  300 g de tomate sem pele e sem sementes
.  1 copo de caldo de carne
.  ½ copo de vinho branco seco
.  ½ xícara de leite integral
.  3 colheres de sopa de azeite de oliva ou 50 g de manteiga
.  sal a gosto
.  pimenta a gosto

  Modo de Preparo:

Pique em pedacinhos e frite a pancetta/toucinho. Acrescente o azeite de oliva ou a manteiga.

Junte a cenoura, o aipo e a cebola, para refogar suavemente. Acrescente a carne bovina mexendo bem até dourar. 

Adicione o vinho e mexa delicadamente até o líquido evaporar. Acrescente os tomates, tampe e cozinhe lentamente por 2 horas, acrescentando caldo de carne aos poucos, conforme necessário.

No final, acrescente o leite integral para suavizar a acidez do tomate, e tempere com sal e pimenta a gosto.

 Harmonização:

Para combinar perfeitamente com esse molho, que tal um vinho produzido com a uva Nebbiolo, como um Barolo ou um Barbaresco? Outra excelente escolha é um Montepulciano d’Abruzzo, que tal? Conheça mais sobre Barolo clicando aqui, sobre Barbaresco aqui, ou sobre Montepulciano d’Abruzzo, aqui. E bom apetite!

E, se você considerou muito tempo de cozimento para um “simples” molho à bolonhesa, saiba que é assim que ele adquire complexidade de sabor, e a consistência adequada, segundo os italianos da Bolonha.

Primeira curiosidade: a receita oficial prevê ½ xícara de creme de leite, opcional, para ser adicionada na hora da montagem do prato, conforme o costume de algumas famílias da Bolonha.

Última curiosidade: na Bolonha, a massa mais utilizada para esse molho não costuma ser o espaguete, como no Brasil, e, sim, o talharim, massa achatada de tiras com menos de 1 cm de largura.




Você está em

Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.