Barbaresco

As lendas que rondam a origem desse nome, e desse vinho, são charmosas.

Alguns dizem que os gauleses chegaram à Itália atraídos por um excelente vinho chamado Barbaritium. Outros dizem que o nome Barbaresco vem dos bárbaros que causaram a queda do Império Romano. Vai saber...

Esse é um dos primeiros vinhos DOC italianos, com a denominação sendo oficialmente reconhecida pela legislação de 1966. E desde 1980, Barbaresco é um DOCG, Denominação de Origem Controlada e Garantida, maior distinção de vinhos da Itália.

Há um certo “parentesco” entre Barbaresco e os vinhos Barolo. São vinhos da mesma região, Piemonte, e produzidos com a mesma uva, Nebbiolo. Mas o Barbaresco não apresenta os mesmos taninos característicos do Barolo, principalmente em decorrência da diferença de solo entre as regiões. Aliás, se quiser ler sobre Barolo, clique aqui.

Barbaresco é o nome de uma comuna italiana da região do Piemonte. A zona de produção dos vinhos dessa denominação inclui as vilas de Barbaresco, Treiso e Neive, além de parte de Alba. Entre seus produtores estão pequenas vinícolas, e também cooperativas de renome mundial.

Os vinhos Barbaresco são varietais de Nebbiolo, com graduação alcoólica mínima de 12°, e produtividade do vinhedo controlada segundo as regras do consórcio que regula essa denominação.

O rendimento máximo permitido às vinhas, de 8.000 kg de uva por hectare, deve ser reduzido a 7.200, caso o produtor queira incluir o nome do vinhedo em seus rótulos. Para entender como o rendimento do vinhedo afeta a qualidade da uva e do vinho, clique aqui.

A cor dos vinhos Barbaresco é intensa e brilhante, variando de rubi ao vermelho acastanhado do grená.

O tempo mínimo de envelhecimento desses vinhos é de 26 meses, sendo 9 deles em madeira. Para que possa receber o título de Reserva, o envelhecimento deve ser de pelo menos 50 meses, com 9 deles em madeira.

O aroma característico do Barbaresco é uma combinação de frutas como framboesas e geleia de amoras vermelhas, e de flores como gerânios e violetas. Também são associadas a esse vinho notas de pimentão verde, canela, noz moscada, madeira, feno, avelãs tostadas, baunilha, e até mesmo sementes de anis.

Para experimentar um Barbaresco, uma boa sugestão de harmonização é uma massa com um denso molho de tomate. Ou então, um suculento sanduíche com rosbife mal passado.

A temperatura ideal para servir um vinho Barbaresco? Entre 15 e 17°C.

O momento ideal? Esse é por sua conta...




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.